Cidadania

Casa abriga crianças e jovens durante tratamento

Localizada no Gama, Casa do Menino Jesus acolhe pessoas de outros estados e depende de doações e da realização de eventos durante o ano

Criada em 15 de agosto de 1991, a Casa do Menino Jesus é uma entidade beneficente que acolhe crianças e adolescentes, de zero a 17 anos, que moram em outros estados e estão em tratamento médico contra o câncer, doenças renais e cardíacas, má formação e paralisia cerebral.  Localizada no Gama, no Distrito Federal, a casa abriga atualmente 19 crianças e adolescentes, mais um acompanhante para cada uma delas. “Aqui não é uma hospedaria, aqui não é uma pousada, aqui não é um hotel. Aqui é uma casa de apoio para a criança, junto da mãe, que está em tratamento. As crianças ficam dias, semanas, meses e até mesmo anos. A medida que o tempo vai passando, a gente vai se tornando uma família muito grande”, comenta a co-fundadora da instituição, Irmã Maria Aurimar de Andrade.

As crianças chegam até a entidade através do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), do Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar disso, o lugar não recebe recursos do governo e se mantém por meio de doações, eventos promovidos pela entidade, como bazar e feijoada, por exemplo. A Casa do Menino Jesus, além de oferecer abrigo, serve cinco refeições diariamente, faz o transporte de mães e crianças para hospitais de Brasília e realiza outras atividades de lazer.

Voluntários ajudam a manter o funcionamento do local, realizando tarefas, como o preparo da alimentação e organização do espaço. Profissionais da saúde, como dentistas e psicólogos, apoiam atendendo voluntariamente as crianças. A dona de casa Ivete, de 54 anos, está desde o início da casa. “Depois que eu fiquei viúva, senti a necessidade maior de convivência e passei a vir diariamente. Me faz um bem muito grande”, diz. O auxiliar notarial Glaucus Maia, 47 anos, realiza diversas atividades. A principal delas é levar e buscar mães e filhos nos hospitais para a realização de consultas e exames. “É uma questão de enriquecimento espiritual. Minha vida mudou em tudo. Depois que comecei a participar aqui, eu nunca mais fiquei triste. É uma experiência maravilhosa”, destaca.

Vindo de São Luís (MA), Josemar Mendes, de 25 anos, está há sete anos realizando um tratamento. O jovem, que precisou amputar a perna esquerda por causa de uma doença, se divide entre Brasília e a cidade de origem. “O bom da casa é que você tem o apoio e carinho de todos, pois você recebe o suporte necessário enquanto faz o tratamento”, afirma. “Ter o local com alimentação, uma boa cama para dormir, nos ajudou financeiramente, pois sem isso não seria possível fazer o tratamento longe de casa”, diz a dona de casa Domingas Leal, mãe de Josemar.

Josemar Mendes, de 25 anos, e a mãe, a dona de casa Domingas Leal, se dividem entre Brasília (DF) e São Luís (MA) para realizar o tratamento médico

Josemar Mendes, de 25 anos, e a mãe, a dona de casa Domingas Leal, se dividem entre Brasília (DF) e São Luís (MA) para realizar o tratamento médico

Há seis meses na casa para realizar um tratamento contra um tumor, o estudante Dionário Cruz, de 17 anos, diz que com o tempo vai se acostumando a viver longe de casa. “Aqui é como se fosse uma segunda família. Nas horas vagas eu vejo TV e jogo vídeo game com as outras crianças”, comenta. Segundo a dona de casa Neuracene Cruz, mãe de Dionário, apesar do momento difícil, é sempre bom ter esse acolhimento. “Vim para cá sem rumo, sem previsão para voltar. O pessoal do Hospital Sarah, que já sabia da existência da casa, que me perguntou se eu tinha onde ficar. Foi aí que vim para cá”, lembra.

O estudante Dionário Cruz, de 17 anos, e a mãe Neuracene Cruz, dona de casa, estão há seis meses na Casa Menino Jesus enquanto realizam um tratamento médico contra um tumor que atingiu o jovem

O estudante Dionário Cruz, de 17 anos, e a mãe Neuracene Cruz, dona de casa, estão há seis meses na Casa do Menino Jesus enquanto realizam um tratamento médico contra um tumor que atingiu o jovem

A Casa do Menino Jesus está presente ainda em Fortaleza, que foi a primeira a ser criada, e em Belém do Pará. No momento, não há previsão de expansão para outros locais. “Por causa das nossas limitações financeiras, não é possível expandir a casa. Como não temos renda própria, sobreviver em um país em crise não é fácil”, enfatiza a Irmã Maria Aurimar de Andrade.
SERVIÇO
Endereço: EQ 14/18 – Área Especial Setor Oeste – Gama – DF
Cep: 72.425-140
Telefone: (61) 3384-1517 / 3385-6317
E-mail: casadomeninojesus@gmail.com

DOAÇÕES (Via depósito bancário)
Banco do Brasil
Agência: 1239-4 Conta: 5212-4
Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo

BRB
Agência: 104 Conta: 617746-7
Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo

Deixe uma resposta

Saúde
Anoushe Duarte aposta na acupuntura para o tratamento da hérnia de disco Aumento de peso na gravidez pode contribuir para ocorrência de hérnia de disco
Ciência e Tecnologia
Pauta 3 - 01 Na briga por clientes, restaurantes apostam em forma alternativa de publicidade
Esporte
Formação antes do início do treino da Legião Teutônica da Casa Germânica. Lutas medievais são praticada em Brasília

Mais lidas