Cidadania

Casa abriga crianças e jovens durante tratamento

Localizada no Gama, Casa do Menino Jesus acolhe pessoas de outros estados e depende de doações e da realização de eventos durante o ano

Criada em 15 de agosto de 1991, a Casa do Menino Jesus é uma entidade beneficente que acolhe crianças e adolescentes, de zero a 17 anos, que moram em outros estados e estão em tratamento médico contra o câncer, doenças renais e cardíacas, má formação e paralisia cerebral.  Localizada no Gama, no Distrito Federal, a casa abriga atualmente 19 crianças e adolescentes, mais um acompanhante para cada uma delas. “Aqui não é uma hospedaria, aqui não é uma pousada, aqui não é um hotel. Aqui é uma casa de apoio para a criança, junto da mãe, que está em tratamento. As crianças ficam dias, semanas, meses e até mesmo anos. A medida que o tempo vai passando, a gente vai se tornando uma família muito grande”, comenta a co-fundadora da instituição, Irmã Maria Aurimar de Andrade.

As crianças chegam até a entidade através do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), do Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar disso, o lugar não recebe recursos do governo e se mantém por meio de doações, eventos promovidos pela entidade, como bazar e feijoada, por exemplo. A Casa do Menino Jesus, além de oferecer abrigo, serve cinco refeições diariamente, faz o transporte de mães e crianças para hospitais de Brasília e realiza outras atividades de lazer.

Voluntários ajudam a manter o funcionamento do local, realizando tarefas, como o preparo da alimentação e organização do espaço. Profissionais da saúde, como dentistas e psicólogos, apoiam atendendo voluntariamente as crianças. A dona de casa Ivete, de 54 anos, está desde o início da casa. “Depois que eu fiquei viúva, senti a necessidade maior de convivência e passei a vir diariamente. Me faz um bem muito grande”, diz. O auxiliar notarial Glaucus Maia, 47 anos, realiza diversas atividades. A principal delas é levar e buscar mães e filhos nos hospitais para a realização de consultas e exames. “É uma questão de enriquecimento espiritual. Minha vida mudou em tudo. Depois que comecei a participar aqui, eu nunca mais fiquei triste. É uma experiência maravilhosa”, destaca.

Vindo de São Luís (MA), Josemar Mendes, de 25 anos, está há sete anos realizando um tratamento. O jovem, que precisou amputar a perna esquerda por causa de uma doença, se divide entre Brasília e a cidade de origem. “O bom da casa é que você tem o apoio e carinho de todos, pois você recebe o suporte necessário enquanto faz o tratamento”, afirma. “Ter o local com alimentação, uma boa cama para dormir, nos ajudou financeiramente, pois sem isso não seria possível fazer o tratamento longe de casa”, diz a dona de casa Domingas Leal, mãe de Josemar.

Josemar Mendes, de 25 anos, e a mãe, a dona de casa Domingas Leal, se dividem entre Brasília (DF) e São Luís (MA) para realizar o tratamento médico

Josemar Mendes, de 25 anos, e a mãe, a dona de casa Domingas Leal, se dividem entre Brasília (DF) e São Luís (MA) para realizar o tratamento médico

Há seis meses na casa para realizar um tratamento contra um tumor, o estudante Dionário Cruz, de 17 anos, diz que com o tempo vai se acostumando a viver longe de casa. “Aqui é como se fosse uma segunda família. Nas horas vagas eu vejo TV e jogo vídeo game com as outras crianças”, comenta. Segundo a dona de casa Neuracene Cruz, mãe de Dionário, apesar do momento difícil, é sempre bom ter esse acolhimento. “Vim para cá sem rumo, sem previsão para voltar. O pessoal do Hospital Sarah, que já sabia da existência da casa, que me perguntou se eu tinha onde ficar. Foi aí que vim para cá”, lembra.

O estudante Dionário Cruz, de 17 anos, e a mãe Neuracene Cruz, dona de casa, estão há seis meses na Casa Menino Jesus enquanto realizam um tratamento médico contra um tumor que atingiu o jovem

O estudante Dionário Cruz, de 17 anos, e a mãe Neuracene Cruz, dona de casa, estão há seis meses na Casa do Menino Jesus enquanto realizam um tratamento médico contra um tumor que atingiu o jovem

A Casa do Menino Jesus está presente ainda em Fortaleza, que foi a primeira a ser criada, e em Belém do Pará. No momento, não há previsão de expansão para outros locais. “Por causa das nossas limitações financeiras, não é possível expandir a casa. Como não temos renda própria, sobreviver em um país em crise não é fácil”, enfatiza a Irmã Maria Aurimar de Andrade.
SERVIÇO
Endereço: EQ 14/18 – Área Especial Setor Oeste – Gama – DF
Cep: 72.425-140
Telefone: (61) 3384-1517 / 3385-6317
E-mail: casadomeninojesus@gmail.com

DOAÇÕES (Via depósito bancário)
Banco do Brasil
Agência: 1239-4 Conta: 5212-4
Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo

BRB
Agência: 104 Conta: 617746-7
Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo

Deixe uma resposta

Turismo e Lazer
03 Exposição abrange realidade virtual e animações em 3D
Cidadania
IMG_8726 Trufa do Bem vem crescendo em Brasília e está ajudando desempregados
Meio Ambiente
IMG_3598 Invasão de áreas públicas pode causar assoreamento e contaminação de lagos e rios  

Mais lidas