Comportamento

Teatro é capaz de auxiliar no desenvolvimento das crianças

Com inúmeros benefícios, o teatro serve como refúgio e passou a atrair ainda mais crianças e adolescentes

O teatro é a única arte capaz de integrar o indivíduo por inteiro na comunicação. Nele, há uma necessidade de quebrar todos os paradigmas e desenvolver a chamada espontaneidade. Por isso, o teatro vem se tornando cada vez mais importante para o desenvolvimento e para a comunicação dos jovens.

Os benefícios do teatro são diversos: é uma atividade que auxilia a ter uma melhor percepção de si mesmo e do outro, além de aumentar autoestima, aprimorar a coordenação motora, a memória e o raciocínio e também por ensinar como funciona o trabalho em grupo.

Mesmo com toda a conexão digital existente nos dias atuais, o teatro tem atraído ainda mais crianças e adolescentes. A estudante Maria Carolina Freitas, 15 anos, relata que durante suas aulas de teatro, esforça-se demasiadamente para esquecer o mundo digital e se concentrar nas atividades cênicas.

O professor e diretor da Companhia da Ilusão, Alberto Bruno, conta que no começo do curso os jovens alunos estão totalmente conectados com esse mundo digital. Em semanas já melhoram os diálogos e são capazes de aprender a falar e escutar. Para ele, é este o grande exercício do teatro.

O ator, professor, dramaturgo e diretor Alberto Bruno dá aulas para crianças na sua escola de teatro Companhia da Ilusão

O ator, professor, dramaturgo e diretor Alberto Bruno dá aulas para crianças na sua escola de teatro Companhia da Ilusão

Ainda segundo o professor, os jovens não estão acostumados a ouvir não. “Eles não são capazes de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, resistir à pressão ou superar obstáculos.” Assim, continua Bruno, há uma baixa capacidade de resiliência. No início causa uma aversão aos alunos, porém percebem que não é algo pessoal.

“Cada um tem um gosto e uma forma de ver. No momento que eu paro para escutar a forma de ver o mundo do outro. Eu sou capaz de perceber que existem várias formas de serem observadas além do meu mundo”, conta Alberto.

Para a psicóloga Raissa Gonçalves, a criança necessita aprender a lidar com as decepções e mudanças da vida. “O jovem precisa ser treinado. Os pais devem ensinar que, se caiu, devem levantar. Não pode entregar tudo nas mãos deles, senão haverá uma dificuldade muito maior na fase adulta”, explica.

As crianças

O professor Alberto Bruno relatou que toda criança nasce espontânea e, no meio de uma sociedade castradora e que cobra muito a todo momento, a timidez é produzida. Por isso na escola de teatro Companhia da Ilusão é incutido para o ator que ele está em processo de criação, ou seja, ele faz até ficar bom. Não existem erros.

A escola de teatro serve como um local de diversão. É o momento deles, onde podem improvisar e se esbaldar no fantástico mundo do teatro.  O segredo é fazer com que se encantem com o que fazem.

Atualmente a maior reclamação dos jovens alunos é a agenda lotada de atividades extracurriculares. Para o diretor Alberto, a companhia é como o refúgio para essas crianças. “Nós somos aliados deles e não mais um para cobrar”, revela.

Por ser um espaço criado para todos, não há discriminações dentro da Companhia. De acordo com Alberto Bruno, crianças de todas as idades e com necessidades especiais já passaram pela história da escola. “Aqui todos são iguais. Tudo que eles querem é não ser tratados como diferentes”.

Escola de teatro Companhia da Ilusão

Em meio a Era Collor, no ano de 1991, o ator, dramaturgo e diretor Alberto Bruno criou o primeiro teatro de bolso que tinha apenas 8 lugares, localizado no Conic, edifício Miguel Abadia. Para os outros era uma loucura viver de teatro, mas para o ator era um desafio e assim se arriscou na aventura que dura até hoje e chama-se Escola de Teatro Companhia da Ilusão.

A escola teve apenas dois endereços. Hoje localiza-se na 510 Sul. O espaço traz conforto e organização, além de dupla funcionalidade. Um exemplo é o local onde a plateia senta que tem um chão removível capaz de guardar objetos necessários para as peças teatrais. Por todos os lados são encontradas caixas com figurinos, organizadas de uma forma metódica.

De uma forma metódica e organizada, os figurinos e acessórios são separados em caixas para facilitar na hora da procura

De uma forma metódica e organizada, os figurinos e acessórios são separados em caixas para facilitar na hora da procura

A turma de infanto-juvenil da escola de teatro conta com 20 alunos. Já a turma de adolescentes tem em torno de 30 alunos. Todas são turmas grandes, sendo as de iniciantes as mais cheias. O diretor Alberto revelou que já recebeu elogios de professores da Universidade de Brasília (UnB) parabenizando os alunos pela excelente preparação que tiveram.

Deixe uma resposta

Saúde
Anoushe Duarte aposta na acupuntura para o tratamento da hérnia de disco Aumento de peso na gravidez pode contribuir para ocorrência de hérnia de disco
Ciência e Tecnologia
Pauta 3 - 01 Na briga por clientes, restaurantes apostam em forma alternativa de publicidade
Esporte
Formação antes do início do treino da Legião Teutônica da Casa Germânica. Lutas medievais são praticada em Brasília

Mais lidas