Turismo e Lazer

Exposição abrange realidade virtual e animações em 3D

O Essencial é Invisível aos Olhos convida o público ao autoconhecimento e à reflexão

Tags:
animação 3D caixa exposição realidade virtual

A partir da imersão no ambiente de uma floresta, a instalação “O Essencial é Invisível aos Olhos” convida o público ao autoconhecimento e à reflexão através da mistura entre animação 3D e realidade virtual. A instalação interativa, da dupla VJ Suave, chegou à Galeria Principal da Caixa Cultural Brasília onde fica exposta até 16 de julho de 2017. A entrada é gratuita.

Segundo os artistas Ygor Marotta e Ceci Soloaga a natureza é um espaço onde acontecem diversas trocas energéticas que permitem que o público tenha os sentidos aguçados para ver além dos olhos. “A natureza nos lembra quem somos e que somos parte dela. É preciso ampliar a percepção que vai além da vista”, contam os donos do projeto.

O público é levado para outra dimensão através de um óculos de realidade virtual e controles presentes na instalação.

O público é levado para outra dimensão através de um óculos de realidade virtual e controles presentes na instalação

Através da tecnologia de um óculos de realidade virtual e controles presentes na instalação, o público é levado para outra dimensão. Com animações 3D, programação, áudio especializado e uma ferramenta de criação de games, os artistas transportam o espectador para uma floresta encantada, onde ele pode escolher seus caminhos e ações. “Ao imergir nesse espaço, o visitante é capaz de interagir com o ambiente, manipular objetos, caminhar e ter experiências vívidas”, comentam.

Na obra, a relação entre o espaço e o corpo do visitante é fundamental para adentrar o conceito que o ambiente propõe. “Durante o percurso pelos caminhos da mata encantada, nas relações com os personagens, sentindo a energia da natureza, percebendo os detalhes dos sons do ambiente, da música dos instrumentos, da beleza das plantas e dos vaga-lumes o visitante descobrirá, a cada momento, que ‘o essencial é invisível aos olhos’”, lembra a dupla.

Realidade virtual

A realidade virtual presente na obra convida o visitante a ter uma experiência única e pessoal. Ainda segundo os criadores da instalação, o público é protagonista do seu caminho, tendo a oportunidade de descobrir e viver novas sensações. “A cada escolha que o visitante faz, o ambiente se relaciona de maneira diferente com ele, fazendo com que a jornada de cada participante seja única e surpreendente”, explicam.

Segundo os criadores da instalação, o visitante é convidado a ter uma experiência única e pessoal

Segundo os criadores da instalação, o visitante é convidado a ter uma experiência única e pessoal

Para a artista e pesquisadora em arte digital, Giselle Beiguelman, a obra possui uma nova pedagogia do olhar. “Ela pressupõe uma outra visualidade: a que enxerga, a partir do invisível, com a mente em simbiose com todos os órgãos do corpo”, relata.

O aposentado Luiz Maluf define a exposição como algo interessante e inovador. “O mundo virtual é o mundo em que vivemos hoje. Me senti, de fato, em outro lugar e pude vivenciar uma experiência única”, conta.

O estudante João Paulo Menezes, de 12 anos, dá maior enfoque no controle que teve ao decidir o caminho que iria trilhar. “Consegui andar bastante pela floresta e analisar várias coisas. A animação foi efetiva e bem feita”, observa.

Sobre o duo

VJ Suave é um duo de New Media Art, formado por Ygor Marotta e Ceci Soloaga, residentes em São Paulo. Especialistas em projeção em movimento, trabalham animação quadro a quadro projetada na superfície urbana. Nas paredes e muros, os personagens ganham vida: correm e voam colorindo os ambientes. Misturando história animada com a vida real, os artistas criam um momento único de conexão do espectador com a cidade.

Serviço

Exposição O Essencial é invisível aos olhos – VJ Suave

Local: Caixa Cultural Brasília – Galeria Principal

Endereço: SBS Quadra 4 Lotes 3/4 Edifício anexo à matriz da CAIXA

Visitação aberta ao público: De 31 de maio a 16 de julho de 2017

De terça-feira a domingo, das 9h às 12h e 13h às 21h

Entrada franca

Classificação indicativa: 10 anos

Informações: (61) 3206-9448 e 3206-9449

 

Deixe uma resposta

Comportamento
Símbolos satanistas são normalmente usados pelas bandas Fãs e músicos do Black metal reclamam de tabu
Ciência e Tecnologia
O estudante que tem utilizado a realidade virtual para melhorar seus trabalhos e se destacar na arquitetura Realidade virtual ganha espaço na arquitetura
Cultura
Fotografia de Roger Ballen Exposição apresenta as fotografias grotescas e bizarras de Roger Ballen

Mais lidas