Turismo e Lazer

Cineclube no Lago Oeste aborda temas voltados ao meio ambiente

As sessões são realizadas uma vez por mês com entrada gratuita e bate-papo após a exibição dos filmes

Tags:
#cineclube #lagooeste #socioambientalista
Abertura da sessão mulheres da terra com a idealizadora Conchita Rocha

Exibição de mulheres da terra com a idealizadora Conchita Rocha

O projeto do Cineclube Lago Oeste é dedicado à exibição de filmes e à reflexão sobre modos de vida e práticas ambientalmente sustentáveis, com foco na preservação do meio ambiente e na melhoria da qualidade de vida das pessoas. Com o intuito de promover lazer e conhecimento nas sessões, a jornalista e idealizadora do projeto, Conchita Rocha, tem visto um bom retorno vindo da população local, fazendo com que cada sessão tenha, em média, 70 pessoas. “Há uma preocupação em oferecer oportunidade de encontro para troca de experiências e saberes relacionados ao dia a dia da comunidade”, conta. A jornalista ressalta que o foco do Cineclube é abordar temas socioambientalistas, fazendo com que  as sessões proporcionem aprendizados e reflexões.

Com temas socioambientalistas, as sessões proporcionam aprendizados e reflexões

Com temas socioambientalistas, as sessões proporcionam aprendizados e reflexões

A primeira sessão foi realizada no dia 28 de maio, com a exibição de filme e debate sobre permacultura. Na sequência vieram as sessões sobre agrofloresta, filmes de até 50 minutos sobre ecologia e mulheres da terra, que aborda as relações entre a mulher e a terra, as sementes e a produção sustentável de mulheres do Movimento de Mulheres Camponesas. Moradora do Lago Oeste, a cineasta Patrícia Sardá, 31 anos, teve a oportunidade de participar da sessão, e conta que a oportunidade despertou emoção e agregou conhecimento. “Foi uma experiência fantástica e muito transformadora. Estou muito agradecida pela vivencia e quero estar presente nas próximas sessões.”, relata. Há oito anos morando no Lago Oeste, o policial militar da reserva Mário Serra, 50, esteve presente nas quatro sessões, e foi responsável pelo debate sobre agrofloresta. “A iniciativa foi incrível,  ainda mais que o Cineclube retratou muito do que é e pode ser feito na área ambiental, que é caso de muitos moradores do Lago Oeste”, ressalta.

A programação segue com a sessão marcada para o próximo dia 24 de setembro, e traz um tema crucial para o momento em atual, Água. “A Lei da Água” e “A Avó Grilo” são os filmes escolhidos para a próxima sessão do Cineclube Lago Oeste, na sede da Associação de Produtores Rurais, Asproeste, a partir das 17h. Após a exibição dos filmes será realizado um bate-papo com a presença de Luiz Amore, geólogo e engenheiro ambiental, e Maria Alice Campos Freire, co-sintonizadora do Sistema Florais da Amazônia. Ele também uma das Anciãs Conselheiras do Conselho Internacional das 13 Avós Nativas.

Após cada sessão são realizadas rodas de bate-papo para discutir os temas abordados nos filmes.

Após cada sessão são realizadas rodas de bate-papo para discutir os temas abordados nos filmes

A inciativa, além de promover lazer para a população local, atrai pessoas de outras cidades. A artesã Larissa Rich, 32, reside em Ceilândia e compareceu em todas as sessões realizadas. “Não me incomodo com a distância, vale a pena”. Segundo ela, a interação da comunidade é incrível. Ver as pessoas debatendo temas importantes, inspira. A artesã não é a única que se desloca de outra cidade, a advogada Marleneide Ferraz, 35, é moradora da Asa sul e sempre leva os filhos de 5 e 8 anos. “Eles ficaram encantados, me enchem de perguntas, as sessões sempre despertam curiosidades neles e isso é enriquecedor”, conta.

O projeto do Cineclube Lago Oeste é uma realização de Okalab e BaruLab com apresentação do Fundo de Apoio à Cultura – FAC. As exibições de filmes e debates ocorrem sempre no último domingo do mês, às 17h, no salão da Associação de Produtores Rurais, “Asproeste”, na rua 8 da DF 001. As sessões de cinema contam sempre com convidados especiais para um bate-papo com o público e são gratuitas.

Deixe uma resposta

Turismo e Lazer
Diga de onde vens e direi se te respeito
Comportamento
Medo de assédio leva mulheres a freqüentar boates gays
Saúde
3 O sistema de saúde tem cor

Mais lidas