Meio Ambiente

Empresas aderem a práticas sustentáveis

Trabalhar com recursos naturais, gestão de resíduos e eficiência de matérias faz parte das praticas que promovem um ambiente social no trabalho

Tags:
Meio ambiente sustentabilidade

Por Rodrigo Alvarenga

Alcançar eficiência no espaço de trabalho enquanto promove a preservação do meio ambiente, tem se incorporado à atividade econômica e social de diferentes empresas. O uso racional dos recursos naturais e gestão de resíduos estão ligados também a uma melhor qualidade de vida no trabalho.

Um exemplo de profissional que se preocupa com meio ambiente é a cabeleira Lindomar Matos, 38, que promove o desenvolvimento sustentável nos negócios. Ela vê nisso a oportunidade para utilizar produtos naturais que fogem de receitas que utilizem o formol. “É melhor para a saúde dos clientes e para quem trabalha com a aplicação dos produtos”.

A arquiteta e urbanista Catharina Macedo, 40, faz consultoria sobre soluções sustentáveis e admite que não há uma receita especifica para trabalhar com esse tema. “Quem trabalha com sustentabilidade, com essa viabilidade, têm essa preocupação em dar uma sugestão exata para uma demanda específica”. Ela lembra do ganho vindo para empresas que incorporam princípios de sustentabilidade, como estratégias bioclimáticas, eficiência energética e uso de materiais renováveis como a madeira. “Os funcionários vão trabalhar de forma mais confortável. Clientes de empresas vão sentir melhor no ambiente e haverá uma diminuição do valor das contas a serem pagas no final do mês”, garante.

No caso dos órgãos federais, estaduais e municipais, a agenda ambiental na administração pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que visa estimular a implementação de práticas sustentáveis. O coordenador geral da agenda, Dioclécio Luz, 70, lembra da importância em implementar  uma agenda que demonstre o uso inteligente dos recursos que a natureza oferece. “Porém, a agenda só se viabiliza se contar com a participação de todos os servidores, de todos os escalões”.

Outra dica são os cursos do serviço brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas (Sebrae), que contribuem para a formação de profissionais que fiscalizam padrões de serviço sustentáveis e se mantém no cenário competitivo de mercado.

Deixe uma resposta

Turismo e Lazer
Diga de onde vens e direi se te respeito
Comportamento
Medo de assédio leva mulheres a freqüentar boates gays
Saúde
3 O sistema de saúde tem cor

Mais lidas