Turismo e Lazer

Museu do SLU, em Ceilândia, expõe relíquias encontradas no lixo

Criado pelos próprios garis, o local funciona desde 1996, em uma das maiores usinas de tratamento de lixo no Brasil

Tags:
Ceilândia lixo museu SLU

Localizado na Usina Central de Tratamento de Lixo de Ceilândia, o Museu da Limpeza Urbana foi inaugurado em 1996. A ideia surgiu do chefe da Usina de Compostagem e Triagem do SLU, Cicero Gomes, que, juntamente com outros garis, recolhia e recebia doações de objetos interessantes, que também eram achados durante o processo de separação do lixo na usina. “Um dia assistindo matérias sobre museus, lembrei-me de alguns objetos encontrados nas transportadoras de lixo, então, surgiu a ideia de fazer o museu com a finalidade de mostrar aos visitantes que até no lixo tem histórias para ser lembradas através de objetos antigos”, explica Gomes.

Através de objetos encontrados no lixo o museu conta a sua história

Museu do SLU conta histórias por meio de  objetos encontrados no lixo

 

 

 

 

 

 

 

 

A organizadora do museu Maria Rodrigues, hoje aposentada, explica que a intenção foi manter as peças catalogadas. “Os funcionários do SLU achavam objetos e guardavam em um quartinho até que o Cicero teve a ideia de criar o museu, então, organizamos tudo nessa casinha”, recorda.

Mesmo aposentada dona Maria,não consegue deixar de cuidar do museu

Mesmo aposentada, dona Maria (esquerda) não consegue deixar de cuidar do museu que ajudou a organizar

O acervo conta com 800 peças catalogadas, como câmeras fotográficas, aparelhos telefônicos, máquinas de escrever, celulares, algumas cédulas de dinheiro antigo e até um piano. Dona Maria avalia que os objetos antigos trazem recordações aos adultos, enquanto nas crianças despertam a curiosidade. Também há fotografias de 1980 a 1990 do Distrito Federal, achadas no lixo.

Na área externa estão algumas esculturas feitas por servidores da SLU e estudantes da Universidade de Brasília. o estudante Lucio Martins visitou o local e aprovou o que viu. “O museu tem muitos objetos antigos que ainda estão bem conservados, o local é bem organizado, existem muitos tesouros aqui”.

O espaço promove ainda o projeto Museu Itinerante, que promove exposição de peças em lugares com muita visibilidade, como a rodoviária do Plano Piloto e no aeroporto. “Através dessas exposições o museu está cada dia mais sendo reconhecido”, avalia Eleuza Ataíde, funcionária da SLU.

Serviço

O museu da Limpeza Urbana funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h, no Setor P Sul, QNP 28 Usina do Lixo área especial s/n Ceilândia. A visitação é gratuita e pode ser agendada pelo telefone (61) 3376-1043.

    Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

    Deixe uma resposta

    Cultura
    O taxidermista César Leão em seu ambiente de trabalho Brasília conta com dois museus de taxidermia
    Ciência e Tecnologia
    Telescópio do Planetário de Brasília Descubra qual a possibilidade de um meteoro atingir a Terra
    Esporte
    IMG_4988 Distrito Federal pode ser representado no skate na próxima Olimpíada

    Mais lidas