Ciência e Tecnologia

Acupuntura e laser ajudam animais a se recuperarem mais rapidamente

Técnicas que já eram conhecidas para humanos chegam a animais de todas as espécies

Tags:
#animais acupuntura laser tecnologia zoológico

Um uso inovador de técnicas tradicionais vem ajudando na reabilitação de animais de todas espécies. A acupuntura e a aplicação de laser são opções alternativas para tratar animais doentes e que, por algum motivo, não tiveram melhoras com os tratamentos convencionais. Assim como em pessoas, os benefícios são muitos e a terapia pode ajudar com problemas crônicos, doenças neuromusculares, hérnias de disco, convulsões, paralisias, distúrbios respiratórios, digestivos, urinários e outros.

A veterinária do Zoológico de Brasília Fernanda Fontoura explica que na prática são colocadas finas agulhas de aço cirúrgico – que precisam ser adaptadas de acordo com a variação do tamanho das espécies – em determinados pontos do corpo que ativam no cérebro a produção de substâncias analgésicas, anti-inflamatórias e anti-depressivas, como a endorfina, o cortisol e a serotonina, proporcionando alívio da dor, relaxamento e bem-estar animal. “A grande maioria dos animais reage muito bem ao tratamento. Um caso ou outro isolado apresenta maior resistência, nas primeiras sessões. Mas, como é uma técnica que traz relaxamento e bem-estar, logo se acostumam e colaboram com o tratamento, demonstrando confiança e relaxamento.”

O tratamento tecnológico não se restringe apenas a animais silvestres. A veterinária especialista em acupuntura veterinária Lena Ferrari esclarece que a técnica é indicada para animais de qualquer idade, sexo e espécie, inclusive para os pets menores, como cachorros e gatos. “Os animais podem se beneficiar da acupuntura assim como os seres humanos. É uma terapia que pode oferecer resultados importantes e reduzir os custos.”

A acupuntura veterinária tem poucas contra-indicações, como a inserção de agulhas sobre dermatites ou áreas tumorais. Também não é recomendada durante a fase aguda da cinomose, somente na fase crônica.

Emissão de Laser

O tratamento é totalmente indolor e provoca relaxamento nos animais.

O tratamento é totalmente indolor e provoca relaxamento nos animais.

A emissão de laser ajuda os pacientes na cicatrização de feridas e escoriações e é totalmente indolor, possibilitando que os animais não passem por um procedimento mais invasivo como medicações ou intervenções cirúrgicas. Em animais pequenos como as araras e micos não é necessário qualquer tipo de sedação para o laser ser aplicado.

Existem várias técnicas dentro da Medicina Tradicional Chinesa que podem ser usadas, como eletroacupuntura, laseracupuntura, implantes de ouro, quimiopuntura e craniopuntura. A acupuntura e o laser podem ser usados como tratamento de qualquer enfermidade. São indicados principalmente para os casos de analgesia em dores agudas e crônicas, doenças neuromusculares e tratamento de paralisias (inclusive paralisia facial). “Em todos esses casos é possível proporcionar ao animal qualidade de vida e bem-estar”, acrescenta Lena.

O tratamento é individual. Vai depender da patologia que o animal apresenta, da cronicidade, da intensidade de dor. Porém, em geral, as sessões costumam ser semanais. E, após a melhora do quadro, serão quinzenais ou até mensais. Segundo a veterinária, os bichinhos também aprovam a terapia. “Eles adoram ir para a clínica, muitas vezes dormem durante a sessão.”

Os principais benefícios da acupuntura veterinária são:

- Qualidade de vida e bem estar ao paciente;

-  Analgesia (alívio da dor);

- Indicada para animais de qualquer idade ou sexo;

- Não causa reações adversas (não há efeitos colaterais)

- Custo baixo se comparado a uma intervenção cirúrgica

    Deixe uma resposta

    Entrevistas
    Entrevista Inovar é saber como os outros se comportam
    Cidadania
    Foto: Ingrid Pires Projeto leva esporte e música a adolescentes em Sobradinho
    Cidades
    Placas que sinalizam as saídas do parque, quando existem, estão degradadas. Parque da Cidade precisa de sinalização

    Mais lidas