Turismo e Lazer

Orla do Lago Paranoá conta com diversas opções para lazer e turismo

Com pontos recém construídos e outros já conhecidos pelo brasiliense, a orla do lago tem atraído visitantes

Tags:
Lago Paranoá Orla do Lago SUP Turismo

O Lago Paranoá tem feito parte da opção de lazer do brasiliense. A orla conta com várias atividades, como bares, restaurantes, caiaque, Stand Up paddle e até com uma ciclovia localizada na Península dos Ministros, no Lago Sul. Vários dos cartões-postais da cidade estão às suas margens. Espaços construídos e em revitalização também são novidade para a orla.

O Calçadão da Asa Norte habitualmente conta com pescadores como Antônio Afonso e seu filho.

O Calçadão da Asa Norte habitualmente conta com pescadores como Antônio Afonso e seu filho

O representante comercial Antônio Afonso é um dos que aproveita a orla. Antônio aproveita o calçadão da Asa Norte para pescar com seu filho de 7 anos e considera um espaço muito bom para a atividade. “Sempre que temos tempo, a gente vem.” O calçadão da Asa Norte é um dos espaços que faz parte da orla do lago desde 2011. Conta com ponto de encontro comunitário, parquinhos, aparelhos para exercício, estacionamentos, espaço para caminhadas e um deck com ancoradouro.

2

O parquinho da orla faz sucesso entre as crianças. As atividades aquáticas como caiaque e SUP chamam atenção de quem busca atividades ao ar livre no Lago

 

 

 

Já o centro de Lazer Beira Lago, localizado ao lado da Ponte JK, é um dos pontos mais conhecidos da orla. O espaço é um dos polos gastronômicos da cidade e conta também com casas noturnas e atividades na água. Leonilton Cerqueira, mais conhecido como Juquinha, aluga caiaques, pedalinhos e pranchas para SUP no local. “O pessoal liga e agenda. A gente tem um grupo no Whatsapp com mais de duas mil pessoas”, conta. As embarcações são alugadas por R$ 20 a hora. “Quando o movimento está baixo, a gente libera um pouco mais”, explica Juquinha.

 

Novidades na orla

Outros espaços são novidade para o lago. Recentemente construídos, o Deck Sul, localizado no fim da Asa Sul, conta com quadras poliesportivas e equipamentos públicos como o do Calçadão da Asa Norte. Já a Península dos Ministros tem uma pista para ciclistas com cerca de 6,5 quilômetros recém-construída, ligando os Parques Asa Delta e Península Sul. O espaço também contou com um plantio de 1.375 mudas de espécies do cerrado e em uma segunda etapa estão previstas a instalação de pistas de skate, parques infantis, chuveiros e umidificadores.

Uma área frequentada principalmente pela população do Paranoá e Varjão é o “Piscinão”, atualmente batizado de Praia Norte pelo governo. O espaço está em obras, previstas para terminarem no segundo semestre de 2018, segundo o governo. O local também contará com diversos equipamentos públicos, três quiosques para a venda de alimentos, banheiros públicos, decks e até um espaço fixo para as equipes de salvamento do Corpo de Bombeiros.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Cultura
O taxidermista César Leão em seu ambiente de trabalho Brasília conta com dois museus de taxidermia
Ciência e Tecnologia
Telescópio do Planetário de Brasília Descubra qual a possibilidade de um meteoro atingir a Terra
Esporte
IMG_4988 Distrito Federal pode ser representado no skate na próxima Olimpíada

Mais lidas