Meio Ambiente

Mercado de mel do DF é referência em meio ao sumiço das abelhas

Ao longo dos anos a quantidade de abelhas tem diminuído ao redor do País. Uso de pesticidas nas lavouras é uma das causas

Tags:
#Abelhas #apicultura DF mel

Nos últimos anos um problema passou a preocupar países ao redor do mundo: o desaparecimento e a morte massiva das abelhas. O caso ganhou o nome de Distúrbio de Colapso de Colônia (CCD), um mal que pode dizimar uma colônia em dias. Apesar disso, o mercado de mel no DF manteve o ritmo de produção e é referência em todo o País. Nos últimos 12 anos, o mel da região foi premiado em diversos congressos nacionais e internacionais, graças à grande variedade de plantas encontradas no Cerrado, que fazem com que o mel tenha uma cor mais dourada e menor quantidade de água.

Segundo o professor de Entomologia da Universidade de Brasília, Antonio José Camillo de Aguiar, no Brasil ainda não existem dados para entender com precisão a gravidade dos desaparecimentos, mas um dos principais agravantes desse desaparecimento das abelhas no País está relacionado ao uso de agrotóxicos em diversas plantações e ao transporte das abelhas, que correm o risco de entrar em contato com uma série de doenças não catalogadas durante o trajeto.

O Professor Antonio José Camillo de Aguiar tem experiência no estudo de taxonomia, história natural, ecologia e biogeografia de abelhas.

O Professor Antonio de Aguiar tem experiência no estudo de taxonomia, história natural, ecologia e biogeografia de abelhas

Dentre as espécies encontradas no Distrito Federal, as abelhas mais usadas na produção de mel são as europeias (Apis  mellifera) e as Abelhas Jataí (Tetragonisca angustula), que produz um mel com propriedades fortificantes e anti-inflamatórias. O período de produção vai do mês de abril até novembro, sendo que anualmente são produzidas 34 toneladas de mel no DF. Contudo apenas 10% são consumidos localmente.

Para mudar esse cenário, a Associação de Apicultores do DF, que já representa 167 apicultores, vem formando trabalhadores com qualidade de produção de mel, e implantando iniciativas para garantir a venda desses produtos na região. Um exemplo é o Programa Apis (Apicultura Integrada e Sustentável), desenvolvido pelo Sebrae em parceria com a associação, que trabalha para garantir a qualidade do produto desde a produção, até a chegada do mesmo nas prateleiras dos supermercados.

Produção do mel

As abelhas produzem o mel a partir do néctar recolhido de flores e processado por enzimas próprias, que é armazenado em favos nas colmeias para servir de alimento.

    Deixe uma resposta

    Entrevistas
    IMG_1885 copia Meio nerd ainda é masculinizado
    Turismo e Lazer
    _MG_1493 Inserção de alunos com autismo ainda apresenta desafios para escolas
    Entrevistas
    Marcos Roberto, segurando seu primeiro Livro "Semideus: O Retorno Divino" Mitologia e filmes inspiram livros e peças de artista de Brasília

    Mais lidas