Esporte

Capoeira, dança ou luta?

A prática, que nasceu no Brasil, foi criada por africanos escravizados como forma de resistência cultural e física

Tags:
#capoeira #esportes capoeira capoeira é dança capoeira e saude projeto capoeira

    A capoeira foi criada por africanos que chegaram ao Brasil na condição de escravizados, em meados do século XVI. À época, esses africanos perceberam a necessidade de desenvolver maneiras para se protegerem contra a repressão violenta dos colonizadores.

    Nesse período, era expressamente proibido que os escravizados praticassem qualquer tipo de luta. Então, eles utilizaram o ritmo e os movimentos de suas danças africanas, adaptando a um tipo de luta. Surgiu assim a capoeira, uma arte marcial disfarçada de dança.

    Mestrando Ebersom ao centro, tocando berimbau

    Mestrando Ebersom ao centro, tocando berimbau

    De acordo com o mestrando do grupo Abadá Capoeira, Ebersom Chaves Pereira, 42, a capoeira surgiu no Brasil como resultado da mistura de diversas lutas africanas. “A capoeira nasceu no Brasil e foi criada por africanos, que mesclaram várias lutas africanas, dando origem ao que conhecemos hoje como capoeira”, diz.

    Nos tempos da escravidão no Brasil, a luta ocorria, muitas vezes, em campos com pequenos arbustos, chamados na época de capoeira ou capoeirão, daí a origem do nome.

    Até 1930 a capoeira era proibida no Brasil, pois era vista como uma prática subversiva. Neste mesmo ano, um famoso capoeirista brasileiro, mestre Bimba, apresentou a capoeira para o então presidente Getúlio Vargas, que gostou e a transformou em esporte nacional.

    Durante a roda os capoeiristas se revezam no jogo de dois em dois

    Durante a roda os capoeiristas se revezam no jogo de dois em dois

    A capoeira possui três estilos: Angola ou Benguela, que segue um ritmo mais lento e marcado, com golpes jogados mais perto do chão e com muita malícia; a Una, que é um jogo mais acrobático; e São Bento Grande, mais marcial e também é o mais difundido.

    Ao ser iniciado no esporte, o praticante recebe um novo nome. Segundo o capoeirista Carlos Augusto Muniz, conhecido como Meia Noite, os apelidos surgiram como uma forma de despistar a polícia. “Antigamente, a capoeira era considerada crime, então os capoeiristas criaram os apelidos para as pessoas não serem identificadas pelo nome civil”, revela.

    Abadá Capoeira

    O grupo Abadá foi criado por José Tadeu Carneiro Cardoso, o mestre Camisa, em 1988. “Ele combinou elementos dos diferentes estilos de capoeira, e criou seu próprio estilo. Atualmente, o Abadá é o maior grupo de capoeira do mundo, e está presente em mais de 70 países”, conta o responsável pela escola Abadá de Taguatinga, mestrando Ebersom.

    O capoeirista Antônio Borges, o Cyborg, 25, diz que o esporte garantiu seu resgate na vida. Das competições em que participou, ele acumula os títulos de campeão distrital 2013 e 2014, campeão brasileiro 2016, campeão mundial 2015 e 2017 e campeão dos Jogos de Verão 2018.

    Cyborg, atual campeão dos Jogos de Verão

    Cyborg, atual campeão dos Jogos de Verão

    “Comecei a jogar capoeira como hobby, hoje vivo da capoeira e para a capoeira. Graças a ela eu consegui voltar a estudar, e hoje ajudo minha família, além de já ter viajado para competir e apresentar a capoeira em vários países”, relata Cyborg.

    Para a estudante Lara Campos Prezzoto, 18, a capoeira simboliza mais que uma luta. “Para mim, representa história, cultura, dança, representa também a revolução dos negros e muita cantoria, além de ser uma luta. Eu acho que a capoeira é a mais completa das artes marciais”, avalia.

    A estudantes Lara Prezzoto manifesta sua alegria por fazer parte do Abadá Capoeira há 10 anos

    A estudantes Lara Prezzoto manifesta sua alegria por fazer parte do Abadá Capoeira há 10 anos

    De acordo com o fisioterapeuta Alex Sander Santos de Oliveira, 31, a capoeira um esporte completo. “A capoeira trabalha o corpo inteiro, e fortalece todas as musculaturas: perna, braço, abdômen, além de trazer a consciência corporal para seus praticantes, pois todos os movimentos da capoeira usam os dois lados corpo”, considera o fisioterapeuta.

    Eric Maia Gomes Pereira, 20, atual campeão dos Jogos Arnold na categoria A, considerada a elite da capoeira,  enfatiza as habilidades desenvolvidas numa roda de capoeira. “A capoeira é uma arte que engloba várias artes: Arte de jogar, de lutar, de cantar, de tocar, de dançar, de compor, de fazer artesanato, porque somos nós que fazemos nossos instrumentos musicais, como berimbaus e tambores”, conta.

    Eric Pereira, atual campeão da categoria A dos Jogos Arnold

    Eric Pereira, atual campeão da categoria A dos Jogos Arnold

    Em 26 de novembro de 2014, a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), declarou a roda de capoeira como um patrimônio imaterial da humanidade, reconhecendo a luta e a resistência dos negros brasileiros contra a escravidão durante os períodos colonial e imperial. Também se comemora em 3 de agosto o dia do capoeirista.

    Deixe uma resposta

    Saúde
    _DSC0012 Narguilé: Mitos e verdades
    Cidadania
    Ônibus do banho do bem Projeto social resgata dignidade de quem mora na rua
    Economia
    É possível encontrar peças dos valores mais variáveis possíveis. Novas formas de consumo sugerem adaptações no mercado da moda

    Mais lidas