Turismo e Lazer

O amor pode ser criativo

Inovação e personalidade podem tornar o Dia dos Namorados mais especial

Amor. Combustível. Comemoração. Gás. No mês dos namorados essas palavras estão ganhando destaque. Como de costume, pela cidade alguns restaurantes já se preparam para receber os casais. Mas em tempo de crise, para quem vai comemorar a data, a criatividade é ponto crucial para tornar o dia ainda mais especial.

E para quem ainda acredita que a iniciativa deve vir só da mulher, o analista de informática Caio César mostra que não. Ele namora a advogada Tainá Coelho e, mesmo com os anos de relacionamento, não deixa nenhuma data passar em branco. Para ele, se organizar para preparar uma surpresa ou até mesmo um passeio para sair da rotina faz toda a diferença. “Sempre falam que com o passar dos anos os casais acabam caindo na rotina, mas vale a pena cada um fazer a sua parte. Apesar do tempo que estamos juntos aproveitamos as datas comemorativas para reforçar o nosso amor. Mas este ano eu ainda não sei o que fazer.”

Caio e Tainá comemoram o Dia dos Namorados há 11 anos.

Caio e Tainá comemoram o Dia dos Namorados há 11 anos.

O casal está junto há 11 anos e, para os dois, as comemorações são momentos de relembrar o início do relacionamento e as histórias que vêm marcando essa trajetória. Amantes de bares e restaurantes já celebraram o Dia dos Namorados em locais mais tranquilos e românticos, outros mais animados e até no cinema.  Mas o casal não espera só as datas festivas. Tainá Coelho conta que Caio gosta de preparar jantares em casa. “Já fui surpreendida com jantares depois de um dia comum de trabalho. Acho que são esses momentos que fazem a gente sair um pouco da rotina e olhar mais pra gente.”

E para ajudar o casal e tantos outros a comemorarem a data com um toque de criatividade, a coaching do amor Clarice Silva deu três dicas para os apaixonados:

1)   Jantar coletivo: O clássico jantar do dia dos namorados não pode faltar, mas que tal aumentar o feijão e o amor?! Chame os amigos que namoram e façam um jantar. No esquema de ceia de Natal, cada um pode levar um prato, ou quem sabe até cozinharem juntos. É uma chance de não gastar muito e tornar a noite mais divertida. Uma dica para tornar a noite mais especial é fazer uma dinâmica. Cada pessoa escreve uma história que viveu com um dos casais e coloca dentro de um pote. Depois, um por um vai lendo e o casal dono da história tem que levantar a mão. Se ninguém lembrar paga uma prenda. Atenção: Na cozinha homens e mulheres!

2)    Caça ao amor: Que tal juntar presente, brincadeira de criança e a história dos dois?! Todo mundo lembra das tradicionais  caça ao tesouro que os pais costumam fazer com os pequenos? Então, é isso! Mas nesse caso vamos colocar as dicas em locais/objetos que marcaram os momentos vividos a dois. Em cada papel narre a história que deu significado ao local/objeto que está a próxima dica. No final deixe o presente. Aqui também vale a criatividade!

3)    Tour do amor: Comer, comer, comer e filme. Todo casal ama comer a dois. Já reparou que junto do amor vêm uns quilinhos a mais? Pois bem: faça um roteiro dos três principais restaurantes que marcaram a história de vocês. Em cada um deles, peça o prato para viagem. No primeiro a entrada, no segundo o prato principal e no terceiro a sobremesa. Em casa, deixe preparado um bom filme e uma decoração com velas para deixar o ambiente mais aconchegante.

4)    Dica bônus: Para quem tem carro ou mora sozinho, um galão de gasolina ou um botijão de gás não seriam mal…

“O amor precisa de criatividade, energia e um toque de humor. Posso dar muitas dicas, mas cada um sabe o que faz o seu par mais feliz”, explica Clarice. Para a coaching as dicas são só uma forma de inspirar, mas é na autenticidade e na personalização que está o segredo.

Davi e Ix Chel celebram o amor nas pequenas coisas

Davi e Ix Chel celebram o amor nas pequenas coisas

E tem casal que personaliza até o calendário. Para Ix Chel Castro, 12 de junho tem outro significado: o aniversário de seu pai. A estudante namora David Campos, que até tentou usar o dia  Dia dos Namorados para pedir a estudante em namoro, mas Ix driblou o rapaz, e o pedido só conseguiu ser realizado dois dias depois. E mesmo assim não há data que limite as comemorações.

Ix Chel conta que o casal não planejam as comemorações, mas costuma olhar com mais carinho a data que iniciou tudo. “Eu não gosto muito de ter uma data específica para ter que dar presente, e ele também não gosta. É algo bem espontâneo. Nós gostamos de ler, então, a gente prefere dar um livro que algum dos dois esteja sonhando muito em ter, independente do mês e do dia.”

Por conta da faculdade, o casal namorou um tempo à distância. Por isso, valorizam muito o tempo a dois. “Agora que a gente tá tendo o privilégio de estar junto todo dia é dia de festa. Desde quando a gente acorda até a hora que a gente vai dormir. Todos os dias de amar o Davi”.

E a arquitetura de Brasília também faz parte da história do casal. Naturais do Nordeste fizeram o passeio turístico na capital unir amor e história. As descobertas a dois tornou o encontro com cidade mais especial.

Para Ix, um tour pela cidade, um jantar especial em casa, ou ir em lugar importante para os dois são formas de comemorar o dia 12. “Que as pessoas se aproveitem o máximo possível, mas não só no dia 12. Porque ter uma pessoa para compartilhar a vida é uma delícia, e que arranca sorrisos quando a gente pensa na pessoa e uma emoção que ela faz parte da nossa vida. E isso não depende de ter uma data para nos lembrar desse sentimento.”

 

Deixe uma resposta

Saúde
_DSC0012 Narguilé: Mitos e verdades
Cidadania
Ônibus do banho do bem Projeto social resgata dignidade de quem mora na rua
Economia
É possível encontrar peças dos valores mais variáveis possíveis. Novas formas de consumo sugerem adaptações no mercado da moda

Mais lidas