Meio Ambiente

Demanda por educação ambiental cresce no Distrito Federal

De 2015 para cá, o número de visitas guiadas no Jardim Botânico de Brasília aumentou 81%

O Jardim Botânico de Brasília (JBB) é referência em educação ambiental no Distrito Federal. O número de visitas guiadas no JBB aumentou 81% nos últimos 3 anos. Só em 2018, o parque recebeu 20.422 visitantes que foram atendidos pelos educadores ambientais do JBB, contra 11.272 em 2015.

Murilo George Pereira, assessor técnico e educador ambiental do Jardim Botânico, explica que o programa de educação ambiental tem como princípio a preservação do Cerrado, tanto da fauna quanto da flora. “Trabalhamos conceitos como sustentabilidade, o uso racional da água, práticas sustentáveis em geral”, conta o educador. “Os espaços aqui do jardim são pensados para a educação ambiental. Temos o espaço ciência, onde temos as divulgações científicas do Jardim Botânico e explica bem para as pessoas que aqui é um espaço de preservação”.

Ao todo, três educadores realizam as visitas orientadas que atenderam mais de 20 mil visitantes em 2018. São atendidos grupos de 12 a 45 pessoas, maiores de 10 anos. Mas a demanda é abrangente em todas as idades. “Não se resume só a crianças; grupos de idosos também tem procurado muito a gente”, conta o assessor técnico. De acordo com o público e o número de pessoas, os educadores planejam atividades para a conscientização ambiental. As visitas acontecem de terça a sexta e atendem em média 80 crianças por dia, sem contar as pessoas que visitam o parque sem atendimento. “As pessoas chegam aqui e nós só indicamos os melhores lugares para as realizações de atividades”, conta.

34 anos do parque

No começo de março, o Jardim completou 34 anos e comemorou seu aniversário com um recorde de público no fim de semana. Só no domingo, o parque recebeu mais de 3 mil visitas, o maior número registrado nos últimos 3 anos. O Parque disponibilizou atividades com foco para a educação ambiental, principalmente para o público infantil.

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Cerrado embarcando no trem do JBB com a presença de um educador ambiental.

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Cerrado embarcando no trem do JBB com a presença de um educador ambiental

O passeio de trem foi uma das atrações principais: em um trajeto acompanhado por educadores ambientais, os espaços do Parque eram apresentados e pequenas aulas sobre a preservação do Cerrado e do meio ambiente foram ministradas. Ana Cristina Costa levou a filha Beatriz, de 9 anos, para o passeio.  “Ela vive muito na cidade e acha que só o que tem lá que existe, é preciso ter contato com a natureza para respeitar e preservar”, diz Ana Cristina sobre a importância da educação ambiental.

 

Ana Cristina Costa levou a filha Beatriz para apreciar o contato com a natureza.

Ana Cristina Costa levou a filha Beatriz para apreciar o contato com a natureza

A demanda por educação ambiental para adultos também aumentou. Por isso, no aniversário de 34 anos do Parque foi inaugurada a Escola Superior do Cerrado. A diretora do JBB, Aline de Pieri, explica que a escola vai contar com cursos de graduação e pós graduação. “Percebemos que os brasilienses têm uma relação especial com o meio ambiente, principalmente pelo fato da cidade ser tombada e ter muita área verde. Sabemos que há muito ainda a ser feito para promover a conscientização ambiental e justamente para consolidar essa intenção de cuidar do meio ambiente é que idealizamos a Escola Superior do Cerrado”.

Para agendar as visitas em grupos – com ou sem acompanhamento do educador ambiental – é necessário enviar um e-mail para eajardimbb@gmail.com com 10 dias de antecedência. A equipe entra em contato para acertar os detalhes da visita.

    Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

    Deixe uma resposta

    Comportamento
    FOTO 3 Criação de animais exóticos ganha espaço no DF
    Cultura
    Processed with VSCO with j4 preset Palácio Itamaraty: A sala de estar do Brasil
    Turismo e Lazer
    Centro do Rio de Janeiro agrega histórias e cultura

    Mais lidas