Cidades

De carona com a tecnologia

Como a internet auxilia na forma como se recebe e oferece carona

As caronas compartilhadas são uma excelente alternativa para aqueles que buscam opções diferentes de transportes nas grandes cidades. Um crescente número de aplicativos e grupos no Facebook que facilitam o contato motorista/passageiro foi criado nos últimos anos, com a proposta de oferecer transportes mais em conta. “Além de ser mais barato, é uma experiência diferente e que, geralmente, é tão confortável quanto andar de Uber ou táxi”, afirma Patrícia Tostes, usuária do aplicativo Blablacar.

Os benefícios não são exclusividades dos passageiros. João Batista oferece caronas para longas distâncias, como Brasília/Uberlândia (MG), e afirma que a maior vantagem é poder compartilhar os custos das viagens. Mas ele alerta que nem sempre as caronas são a melhor alternativa. “Uma vez levei um rapaz que desconfiei que ele estava transportando drogas”.

O que pode auxiliar os passageiros na hora de verificar a segurança no uso desses aplicativos e grupos são as avaliações feitas pelos usuários, e o fato de que, em grupos do Facebook, existe a possibilidade ver os amigos em comum. “No aplicativo que utilizei, existe uma pontuação para o motorista que é feita por passageiros mais antigos. Os dados do motorista disponibilizados permitem fazer uma pesquisa sobre ele na internet, caso haja alguma insegurança da parte do passageiro”, relata Patrícia Tostes.

Já a estudante Maria Paula Fernandes acredita que o Facebook seja a melhor maneira para percorrer longos trajetos. “Não uso aplicativo pois não confio, prefiro usar o Facebook e pegar carona com pessoas que eu conheço ou tenho amigos em comum”.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em uma pesquisa feita em 2016, o índice de construção de transportes públicos coletivos tem caído nos últimos anos. Por isso, o analista de teste Cayro Correia opta pelos aplicativos e grupos de caronas. “O fato de só mostrar pessoas que estão indo para a mesma rota barateia o custo da viagem; além do custo reduzido, o conforto e segurança são maiores”. Outra vantagem, apontada pela analista de requisitos Livia Soares, que têm como renda extra oferecer caronas para pessoas que estão na mesma rota, é o fato de ter a possibilidade de construir amizades durante os percursos. “As viagens sempre foram tranquilas. Com o tempo vou sempre dando carona para as mesmas pessoas, isso acaba virando quase uma amizade”, relata.

Com o serviço na palma da mão, usuários podem se locomover com mais facilidade utilizando aplicativos e grupos de carona

Com o serviço na palma da mão, usuários podem se locomover com mais facilidade utilizando aplicativos e grupos de carona

Fique atento

As viagens compartilhadas marcadas pelos grupos de Facebook são realizadas de maneira informal e, portanto, os passageiros e motoristas devem ter atenção dobrada na hora de combinar o seu horário e local.

Algumas experiências relatadas na rede social nem sempre são satisfatórias, como no exemplo de Cláudio Albuquerque. Na página “caronas Brasília Uberlândia”, o passageiro relata sua indignação por ter combinado a carona com um motorista brasiliense que nunca chegou a aparecer. “Fui obrigado a ficar por mais de oito horas plantado no terminal rodoviário, das 13 horas às 22”, afirma no Facebook.

SERVIÇO

Caronas através do Facebook: Podem ser solicitadas através de comentários em postagens e pelos grupos, onde deve ser enviada uma solicitação para entrar.

Blablacar: Insira no aplicativo ou no site o local de destino, quando você pretende sair, e de o local de saída. Após, selecione a carona que melhor te atende.

Waze Carpool: Aplicativo disponível para Android e IOS. Ele acessa informações de pessoas que usam a plataforma colaborativa e também fazem os mesmos trajetos, em um mesmo horário. Ele permite o usuário agendar suas caronas com antecedências e o pagamento é feito através do cartão de crédito.

Zumpy: Aplicativo brasileiro que tem como diferencial, os filtros de segurança que permitem fazer um filtro entre amigos do Facebook, caronas entre mulheres e os motoristas podem trocar seus créditos por combustível na rede do Ipiranga.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Turismo e Lazer
capa Nova edição da revista Redemoinho discute temas polêmicos
Economia
1 Surdos conquistam espaço no mercado de trabalho
Esporte
_CSC0014 Crianças sofrem discriminação de gênero dentro de esportes

Mais lidas