Esporte

Centros Olímpicos de Brasília são sede de maior competição esportiva do DF

Segundo a fundação Assis Chateaubriand, organizadora do evento, estima-se que mais de 5 mil atletas participarão do Torce até outubro

Os jogos dos centros olímpicos e paraolímpicos são uma realização em parceria da Secretaria de Esporte do DF com a fundação Assis Chateaubriand. A competição é considerada a maior na área esportiva do DF por ser a que engloba mais modalidades, e por consequência, mais atletas. Desde 4 de maio, os jogos acontecerão em todos os fins de semana nos Centros Esportivos de Samambaia, Estrutural, São Sebastião e Sobradinho e a edição desse ano conta com o tema ¨Quanto vale uma vitória¨.

Segundo Flávio Bonora, coordenador do torneio, chamado de Torce, o tema veio com o objetivo de trazer uma reflexão aos atletas. ¨A escolha do tema veio para trazer uma reflexão sobre a competição, que é muito mais importante brigar pela vitória do que a vitória em si, colocar em dúvida para os atletas se é apenas a medalha que tem valor¨, diz.

O evento está em sua terceira edição e a estimativa da fundação para o número de atletas que participarão dos jogos até a data das finais do campeonato é de 6 mil, entre as categorias sub 11, sub 14, sub 17, adulto e 3° idade.

O campeonato começou em maio com torneios internos nos centros para que os técnicos dos times pudessem selecionar os melhores atletas de todas as turmas (matutino e vespertino) das modalidades, depois todos os times foram divididos em três grupos aonde os dois primeiros colocados se classificarão para a próxima fase, que acontecerá no formato de mata-mata. A segunda fase do campeonato começou em 18 de maio (sábado) e a final está prevista para 5 de outubro.

Segundo Paulo Guilherme, professor de futebol society do COP da Estrutural, o Torce veio para suprir uma necessidade de colocar os times dos centros para disputar uma competição entre si, o que é fundamental para avaliar a nível de progressão dos alunos. ¨É um campeonato muito bacana por promover a integração e a interatividade entre os centros, além de conhecer o nível dos alunos dos outros Centros para que a gente possa fazer uma comparação com os nossos¨, afirma.

 

O campeonato começou em 04 de maio, e irá até 5 de outubro

O campeonato começou em 04 de maio, e irá até 5 de outubro

Diego Derek, atleta sub-14 da equipe de basquete do COP da Estrutural, estará disputando esse ano sua segunda edição do Torce e diz gostar muito do campeonato:  ¨Eu acho muito legal (o campeonato) , porque me motiva a estar sempre melhorando além de me dar uma oportunidade de mostrar o meu jogo para fora da estrutural¨. Giovane Neto, da equipe de Futebol Society sub-17 da COP da Estrutural, afirma ter muita esperança em se classificar para as finais do campeonato, ¨A equipe é muito boa, muitos que jogaram no ano passado permaneceram para esse ano, e nós fomos bem no ano passado, espero que dê tudo certo no final¨, diz o zagueiro.  

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
Alunos recebem atenção extra nas Salas de Recursos Escolas públicas do DF contam com mais de 15 mil alunos especiais matriculados
Cidadania
mostafa-meraji-YdekMO3_SbE-unsplash Solidariedade em tempos de pandemia
Economia
Snapseed (14) Distrito Federal tem consumo per capita de 14,1 kg de pescado por ano

Mais lidas