Saúde

Mais da metade da população do DF tem excesso de peso, diz Ministério da Saúde

Segundo a Organização Mundial da Saúde o Brasil é o 5º país mais sedentário do mundo. As taxas de doenças crônicas só aumentam

A prática da atividade física é um dos hábitos mais recomendados para ter uma vida saudável. A Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a tratar o sedentarismo e a inatividade física como problemas de saúde pública. A falta dessa prática acarreta riscos para a saúde aumentando o índice de obesidade, doenças cardíacas e crônicas. O Brasil é o 5º país mais sedentário do mundo e o primeiro da América Latina, segundo a OMS. De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, do Ministério da Saúde, 51,6% da população do Distrito Federal têm excesso de peso e 18% obesidade.

Em relação à obesidade, entre 2006 e 2018 o número de pessoas aumentou de aproximadamente 11,8% para 19,8%, maior índice registrado durante esse período. Fazer exercícios físicos diminui os riscos de doenças crônicas como a diabetes, hipertensão, depressão e ajuda no emagrecimento. Ajuda ainda a equilibrar o físico e o mental.

O recomendado pela OMS é praticar atividade física pelo menos 150 minutos por semana. Weudes Santos, de 26 anos, conta que pratica atividade física pelo menos seis vezes por semana e que isso mudou a sua vida. “Me sinto completamente mais disposto em me movimentar. Sempre fui mais magro, mas nem sempre ser magro é sinônimo de saúde’’.

Weudes Santos, de 26 anos, prática atividade física seis vezes por semana

Weudes Santos, de 26 anos, pratica atividade física seis vezes por semana

Qualidade de vida

O grupo Kero Mais Corrida (KMC) é uma assessoria esportiva que visa o bem-estar e a qualidade de vida dos seus participais e para quem tiver interesse de se preparar para competições. O grupo tem pelo menos 20 alunos ativos e a média de quilômetros percorridos depende de cada um, a maioria corre entre 4 e 6 km por aula.

Professor de educação física e corredor de rua desde de 1993, Otoniel Batista fundou o grupo com o intuito de levar o esporte e transformá-lo em um ambiente descontraído. “O esporte tem inumeráveis benefícios e proporciona um bem-estar físico, mental e social. Precisa ter paciência e proatividade para alcançar os objetivos’’.

Seja dançar, correr, pular corda ou musculação o importante é não ficar parado. O professor conta que a atividade física vai muito mais além do que simplesmente diminuir o sedentarismo. “O exercício funciona como uma ferramenta na formação do ser humano. Precisa ter disciplina e passar por um processo de adaptação e treinar todas as valências físicas’’. Valências físicas são todas as capacidades e qualidades do indivíduo na estrutura corporal. Como por exemplo a resistência aeróbica, velocidade, flexibilidade e força.

Dados do Ministério da Saúde mostram que três em cada 100 mortes registradas, em 2017, no país podem ter sido influenciadas pelo sedentarismo. E estão relacionadas com as doenças como diabetes, câncer e as cardiovasculares. Dados da Pesquisa feita pela Vigitel entre os anos de 2006 e 2017 afirmam que o percentual de homens com diabetes aumentou de 3,8% para 6,8%. E o de mulheres foram 23,8% a mais, no mesmo período. No geral, o Distrito Federal aparece com 7,3% da população com essa doença.

Weudes Santos conta que o esporte foi o principal motivo para ele dar o primeiro passo e não ficar parado. “O esporte abriu as portas para que eu conseguisse me conhecer melhor e procurar meios de ficar cada vez mais preparado para questões pessoais do dia a dia’’.

A atividade vai tão além do querer emagrecer e de diminuir o sedentarismo que consegue melhorar o condicionamento físico, aliviar o estresse, melhorar a qualidade do sono, e ajudar na disciplina e na dedicação pessoal. Aumenta também a produtividade no dia a dia e melhora a autoimagem.

Produtividade

O exercício físico libera certas substâncias durante a prática que são os hormônios. Um deles é chamado de endorfina. É uma substância natural produzida pelo cérebro sendo um neurotransmissor e é responsável por regular a emoção, a sensação de bem-estar e reduz a ansiedade e o estresse.

Outra substância produzida durante a atividade física é a serotonina que ajuda a combater a baixa autoestima e em distúrbios como a ansiedade e a depressão. Além disso, regula  sono, apetite, humor, movimentos e outras funções.

A prática da atividade física é benéfica pelas vantagens que traz ao corpo e para a mente. Começar a praticar para evitar desenvolver inúmeras doenças é uma grande solução para ter uma vida longa e saudável e beneficiar a sua vida pessoal e social. Vamos praticar?

    Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

    Deixe uma resposta

    Educação
    GabrielLino_03 Insight no ensino brasileiro
    Meio Ambiente
    Jardim montado na casa de Juscilene Lima Conheça a história de quem trabalha para salvar o meio ambiente
    Comportamento
    FOTO 1 PRODUÇÃO9 População brasileira desrespeita o isolamento social

    Mais lidas