Economia

Jovens à procura de um estágio

No Brasil, são pouco mais de 17,3 milhões de estudantes aptos para estagiar. Mas, apenas 1 milhão (5,8%) estagiam, segundo a Associação Brasileira de Estágios – Abres

O estágio é componente curricular que gera oportunidade para o estudante ganhar experiência. Mas apesar da grande procura de alunos para a vaga, a porcentagem de estudantes em um estágio ainda é pequena.

O Centro-Oeste, atualmente, registra em média 4 milhões de alunos à procura de estági0, porém apenas 59 mil (1,4%) fazem estágio. Os números mostram que é grande a quantidade de jovens que ainda não conseguiram uma oportunidade.

Os jovens universitários  procuram meios de se renovar, montando seus currículos da melhor maneira possível para conseguirem alguma vaga. Sem contar que alguns não tem ideia de por onde começar, principalmente quando se trata de candidatar-se a primeira oportunidade. O estudante Gustavo Araújo Souza Costa, de 22 anos, cursando o 9o semestre de Direito, , mesmo procurando um estágio há 3 meses relatou que não viu grandes dificuldades para montar o seu currículo, pois procurou opiniões de amigos que já haviam elaborado o próprio currículo e fez pesquisas na internet.

Gustavo Costa, tem como dificuldade encontrar uma vaga de estágio e aceitarem estudantes que estão em semestre mais avançado

Gustavo Costa tem como dificuldade encontrar uma vaga de estágio e aceitarem estudantes que estão em semestres mais avançados

Gustavo, não vendo dificuldades para elaborar seu currículo, explica o porquê de não ter conseguido uma oportunidade. “A maior dificuldade que tenho para encontrar uma vaga de estágio é aceitarem estudantes que estão em semestre mais avançados, como no meu caso que estou no 9o semestre”. Uma questão pouco recorrente, mas vem fazendo parte da vida do rapaz. Ele ainda complementa: “Enviei currículo para aproximadamente 10 empresas/órgãos”.

Um consenso entre alguns universitários é sobre a experiência como pré-requisito para ocupar as vagas. Ou seja, o jovem está procurando estágio pela primeira vez, por isso a experiência que ele vai adquirir será no órgão e empresa para a qual vai se candidatar. Gustavo é um dos que reclama, mas outra jovem estudante de Direito, Gabriela Morais Dias, 23 anos, e que já conseguiu um estágio, expõe seu posicionamento referente a esses requisitos. Ela cogitou estagiar num escritório, mas por sua rotina, desistiu. Gabriela contou também que muitas pessoas deixam de enviar currículo para escritórios, justamente por causa desses pedidos. “Primeiro estágio é justamente para a pessoa adquirir experiência. Então eu acho que são muitos pedidos. E isso se dá pela dificuldade de muitos para ter a oportunidade de trabalhar em um escritório”.

Para situações de exigências impostas por empresas aos estagiários, a advogada de Direito Trabalhista Cíntia Fernandes informa o que já tem delimitado e o que ainda está em tramitação, no caso, para aprovação. Explica também a conduta que pode-se ter na contratação. “O estagiário será submetido a um processo seletivo, cuja seleção ficará a critério do contratante, o qual poderá conceder a vaga para um estagiário sem experiência ou preferir algum candidato que já tenha exercido algum estágio. A seleção do estagiário fica a critério do contratante, não há exigência legal nesse sentido. Há alguns projetos de lei sobre a proibição de se exigir experiência do estagiário, mas ainda sem aprovação”.

A advogada aponta como e onde o estagiário pode recorrer caso se sinta lesado no âmbito de trabalho e de forma geral o que diz a legislação para eles. “Em caso de violação dos direitos do estagiário, caso as medidas administrativas diretamente com o contratante não tenham resolvido, o estagiário poderá recorrer à Justiça do Trabalho. A legislação traz as diretrizes sobre a forma contratual, as atividades desempenhadas, carga horária, tempo de estágio, bolsa, direito à férias e todas as questões relacionadas a essa relação”.

A estudante Gabriela, que conseguiu estágio, relata que deu sorte por, até então, ter conseguido entrar em estágios que sempre quis, mas todos em órgãos públicos, onde quase não têm pedidos de experiência, porque já passa por processo seletivo e provas escritas. “Futuramente quero trabalhar em órgãos públicos. No entanto, o primeiro estágio foi no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios -  TJDFT, o segundo no qual eu queria muito e consegui, Ministério Público e agora estou na Procuradoria Geral do DF. Todos da área que gosto, Direito Penal – Criminal”.

Corporações e instituição prestadora de serviço

O Núcleo Brasileiro de Estágios – NUBE é uma corporação privada que faz a mediação e colocação dos estudantes nos estágios/mercado de trabalho. No site é informado a meta deles. “Nossa principal meta é identificar, selecionar e qualificar candidatos para integrá-los aos programas de estágios e aprendizagem oferecidos pelas empresas. Moldamos nosso atendimento em modernos conceitos de trabalho em equipe, treinamento contínuo, planos motivacionais centrados no elemento humano para prestar um serviço de alta qualidade. Possuímos convênio com cerca de 14 mil instituições de ensino de todo o Brasil. Atualmente, contamos com 10 mil empresas clientes, atendidas por um amplo e moderno call center”.

Também tem a Associação Brasileira de Estágios – Abres. Ela ajuda o NUBE na colocação e pesquisas de dados/números referente a estudantes para a implementação dos mesmos no mercado de trabalho. Como também o auxílio para captação desses jovens.

CIEE oferece cursos de capacitação online e gratuito

CIEE oferece cursos de capacitação online e gratuito

O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE é uma empresa que também auxilia muitos estudantes a terem uma vaga no mercado, como também em sua capacitação. Em nota eles explicam o trâmite. “Uma vez que as empresas abrem as vagas, a instituição busca o estudante em seu banco de cadastro de acordo com curso e semestre. Após o contato com os estudantes, direcionamos para o processo seletivo. Esse pode ser na empresa ou no próprio CIEE. Também cuidamos dos trâmites legais e assinatura do contrato. Vale ressaltar que os estudantes podem contar com cursos de capacitação online e gratuito no CIEE Saber Virtual. Os cursos são direcionados tanto para quem entrar no mundo do trabalho, como para aqueles que já estão no período de estágio”.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
Para além da formação básica: estudantes buscam novos conhecimentos durante quarentena
Comportamento
Banco de imagens gratuito Em meio a pandemia deficientes visuais enfrentam desafios para não serem contaminados
Entrevistas
A artista que se reinventou

Mais lidas