Cidades

Trabalhadores mudam hábitos para se proteger da covid-19

Em meio à pandemia, nem todos podem trabalhar dentro de suas casas

Tags:
#Transportepúblico casapark covid-19 homeoffice livraria loteria

O isolamento social é uma realidade de muitos brasileiros e no Distrito Federal não é diferente. Trabalhadores de diversos setores tiveram que mudar sua rotina de trabalho, adotando o homeoffice (trabalho em casa) como forma de conter a disseminação rápida da covid-19. Mas nem todos puderam aderir à essa forma de trabalho e continuaram a sair de suas casas, porém, com algumas mudanças de hábito.

Yara Martins é um exemplo disso. Vendedora na Livraria Cultura do Shopping Casa Park há 1 ano, desde o decreto do Governador Ibaneis Rocha que proibiu a abertura de comércios e que incluiu shoppings, seus dias e horários de trabalho foram alterados.

A livraria continua aberta, mas apenas para funcionários, e seu atendimento passou a ser por telefone. Yara e seus colegas de trabalho tiveram sua carga horária reduzida de 8h para 6h e antes com uma folga por semana, agora fazem a escala 1 x 2 (trabalha um dia e folga dois) para diminuir o fluxo de funcionários, evitando aglomerações.

b0cbdf0d-1416-4e3d-a869-2fc5f05df464

Yara Martins com um cachorro no interior da Livraria Cultura, que é pet friendly. (foto: reprodução)

Ela conta como tem se cuidado contra o coronavírus no caminho do trabalho e ao chegar ao local. “Eu me desloco por dois meios de transporte: ônibus e metrô. Durante o caminho vou de máscara e com álcool em gel na bolsa, sem tocar em muita coisa e sem levar as mãos ao rosto antes de higienizar. Evitamos abraços e apertos de mão entre os funcionários, e tanto dentro da loja quanto no ambiente restrito aos funcionários tem álcool em gel”.

Letícia Ribeiro, funcionária de uma lotérica na QNL, passou por dois momentos que fizeram com que todas as casas lotéricas fechassem e depois voltassem a funcionar. “Assim que saiu o decreto para que as loterias fossem fechadas o mesmo foi respeitado. Ficamos um tempo sem trabalhar, mas logo após que saiu outro decreto para que voltássemos a funcionar, os cuidados redobraram”.

 

Letícia Ribeiro, atendente em uma loteria da Caixa. (foto: reprodução)

Letícia Ribeiro é atendente em uma casa lotérica da Caixa. (foto: reprodução)

 

Letícia está se cuidando e afirma que no seu trabalho foi fornecido aos funcionários máscaras, luvas e álcool em gel. Assim como Yara, ela utiliza o transporte público e se previne como pode. “O álcool em gel se tornou um aliado quando estou fora de casa, passo sempre, e o uso de máscara se tornou contínuo. Evito tocar em bastões, de colocar a mão na boca e nos olhos”.

Yara e Letícia estão se protegendo do coronavírus segundo as orientações do Ministério da Saúde, são elas:

  •  Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas
  • Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado
  • Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando
  • Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados
  • Evite circulação desnecessária nas ruas. Se puder fique em casa.
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável
  • Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência (à partir do dia 30 de abril o uso delas será obrigatório)

 

Saiba mais sobre a covid-19: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
Para além da formação básica: estudantes buscam novos conhecimentos durante quarentena
Comportamento
Banco de imagens gratuito Em meio a pandemia deficientes visuais enfrentam desafios para não serem contaminados
Entrevistas
A artista que se reinventou

Mais lidas