Notice: Undefined variable: parent_id in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-content/themes/portal_jornalismo_iesb/single.php on line 2
Turismo e Lazer

Pandemia do coronavírus força intercambistas a adiarem planos

Devido a pandemia, o segmento teve uma queda de quase 80% no último mês

Tags:
intercâmbio Turismo

    passaporte

    O turismo no mundo, até o momento, é o setor mais afetado pela pandemia do novo coronavírus. Entre os setores do turismo afetados pela pandemia está o de intercâmbio, responsável por realizar o sonho de diversas pessoas, segundo dados da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta), entidade que reúne 14 agências que trabalham com intercâmbio no país, o segmento teve uma queda de 75% a 80% no último mês.

    Lohraine Bernardo, de 23 anos, do Rio de Janeiro, vê o objetivo de embarcar para os Estados Unidos, onde passaria um ano dentro do intercâmbio de Au Pair, ficar cada vez mais complicado. A carioca que antes ficava preocupada por conseguir uma host family, família que acolhe, agora lida com a preocupação em não saber quando poderá de fato embarcar. Isso porque devido ao aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus no mundo as medidas estão ficando cada vez mais rígidas.

    A Polícia Federal, por exemplo, suspendeu a emissão de passaporte. Já a embaixada americana suspendeu em todo o mundo o atendimento para obtenção do visto. A baixa demanda de voos entre os dois países também preocupa.

    Danielly Paula, do Rio de Janeiro, de 20 anos, que estava apenas aguardando sua agência informar a data do seu embarque para viajar, teve que lidar com a frustração ao receber um e-mail falando que sua entrevista para tirar o visto teria sido adiada sem uma data prevista. Pelo planejamento, Danielly deveria embarcar no primeiro domingo do mês de junho. Agora nem ela e nem sua agência sabem o que vai acontecer.

    A situação também preocupa quem ainda está no começo do processo para o intercâmbio. É o caso de Luana Araújo, de 26 anos, do Sergipe, que precisa correr contra o tempo para conseguir realizar o sonho de morar fora e de ser fluente em inglês por se encontrar no limite de idade permitido para embarcar no intercâmbio de Au Pair. Devido ao isolamento social os atendimentos das agências estão sendo realizados de forma remota, priorizando as pessoas que já deveriam ou estão perto de embarcar. Como não é o seu caso, Luana teme não conseguir realizar seu sonho através do Au Pair.

    A situação não está fácil também para quem já vive o intercâmbio, como é o caso da Isadora Bersani, de 25 anos, que atualmente mora na Flórida. Antes de embarcar, há 9 meses, Isadora achava que o intercâmbio seria mais fácil, mas reconhece que nesse período cresceu como pessoa. Porém, não esperava ter que lidar com um isolamento social no meio do seu sonho. Segundo ela, o fato de conviver 24h com seus hosts family e não ter contato social com nenhuma amiga brasileira, por exemplo, está afetando o seu psicológico. E o que no começo era pra ser um intercâmbio cultural está cada dia mais difícil.

    Uma pesquisa realizada em um grupo do Facebook, focada no intercâmbio de Au Pair, mostrou que vários embarques foram adiados, porém sem uma data definida para ocorrer. Pelos comentários realizados pelas futuras intercambista, as agências não estariam dando o suporte necessário, por conta do alto volume de solicitações.

    Não foi possível saber se houve cancelamento das famílias em receber as intercambistas.

    As agências de viagens especializadas no intercâmbio de Au Pair Cultura Care e Experimento foram contactadas, mas não obtivemos respostas.

    Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

    Deixe uma resposta

    Educação
    Para além da formação básica: estudantes buscam novos conhecimentos durante quarentena
    Comportamento
    Banco de imagens gratuito Em meio a pandemia deficientes visuais enfrentam desafios para não serem contaminados
    Entrevistas
    A artista que se reinventou

    Mais lidas