Cidades

Coronavírus: porque o isolamento social é tão recomendado?

Como não podemos contar com vacina ou medicação, o distanciamento social é a única alternativa

Com o aparecimento da Covid-19, a população mundial vem buscando medidas de prevenção para a doença. Sem vacina ou medicação específica para o seu tratamento, o distanciamento social é a única solução até o momento.

Ocupando o nono lugar em número de óbitos por 100 habitantes, o Distrito Federal já apresenta uma desaceleração de infecções, segundo a Codeplan, resultado, principalmente, do isolamento social. Com a taxa de distanciamento de 42,91%, de acordo com o site Inloco, a capital conta com 1.081 pessoas consideradas curadas da Covid-19, até o dia 5 de maio.

A capital apresenta uma desaceleração no número de infecção

A capital apresenta uma desaceleração no número de infecção

Para o médico, Hugo Carvalho, o isolamento deve ser respeitado à risca por todas as pessoas que têm a opção de ficar em casa. “ Um dos maiores problemas dessa doença é a forma de transmissão. Sua propagação acaba sendo muito rápida, além de que muitas pessoas não apresentam sintomas. Por isso, todos que podem ficar em casa, devem ficar em casa. ”

Mantendo a rotina de trabalho durante isolamento

Sendo assim, profissionais de diversas áreas tiveram que se adaptar ao trabalho a distância. Na parte educacional, professores e alunos incluíram o ambiente virtual com mais intensidade no processo de aprendizagem.

Para o professor de matemática, Pedro Resende, foi um desafio se acostumar com as aulas não presenciais. “Quando a quarentena começou, eu não sabia direito como fazer a aula a distância render. Agora, eu e os alunos já nos adaptamos. Dei a opção de aulas particulares para aqueles alunos que tiverem maior dificuldade, sem cobrar a mais por isso. “

Já para a estagiária de jornalismo da Procuradoria Geral da República, Rebeca Haddad, seu trabalho não foi afetado, sendo feito em casa. “ Na verdade, achei muito tranquilo trabalhar a distância. Faço tudo do meu computador mesmo, com os mesmos prazos que tinha antes.” Depois de adiar duas vezes o afrouxamento do isolamento social no DF, o governador, Ibaneis Rocha, prevê a reabertura de parte do comércio para o dia 18 de maio. A medida estava prevista para uma segunda-feira, 11 de maio.

A estagiária, Rebeca Haddad, já se acostumou à nova realidade

A estagiária Rebeca Haddad já se acostumou à nova realidade

Apesar de o isolamento social ser a principal medida adotada, outras regras implementadas pela OMS também devem ser seguidas, como o uso de máscaras sempre que precisar sair de casa, evitar ficar a menos de dois metros de distância das pessoas, fazer a higienização correta das mãos, usar o álcool em gel, entre outras.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
Para além da formação básica: estudantes buscam novos conhecimentos durante quarentena
Comportamento
Banco de imagens gratuito Em meio a pandemia deficientes visuais enfrentam desafios para não serem contaminados
Entrevistas
A artista que se reinventou

Mais lidas