Entrevistas

“A ideia é descascar mais e embalar menos”

Em entrevista exclusiva ao Portal de Jornalismo IESB, a médica nutricionista Ludmilla Ferreira orienta como se prevenir contra os distúrbios alimentares e gerar hábitos saudáveis

Tags:
#corpohumano #entrevistas #novoshábitos #saúdealimentar nutrição

Desde os primórdios, a saúde alimentar mundial faz parte dos assuntos que envolvem debates entre médicos e especialistas. Afinal, você sabe o que é uma alimentação saudável?

Há quem diga que são muitos os benefícios de uma rotina alimentar de qualidade, como a sensação de bem-estar e a redução de problemas na saúde que se tornam bastante visíveis após o início desses novos hábitos. Um problema muito comum entre jovens e adolescentes são os distúrbios alimentares, que são conhecidos por serem notados pela cultura de valorização a estética.

Entre esses distúrbios a anorexia nervosa, a bulimia e o Transtorno da Compulsão Alimentar (TCA) são os mais conhecidos. Os índices de pessoas afetadas por essas doenças atingem 4,7% da população brasileira. Os dados são do estudo fornecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Com isolamento social, uma medida adotada para combater o avanço do novo coronavírus, as pessoas tiveram que ficar em suas casas. Os estudiosos afirmam que entre os vários danos causados pela pandemia estão, em sua maioria, o aumento dos casos de doenças mentais como a ansiedade e a depressão. Todo o esforço para aliviar as cargas do estresse diário impacta diretamente na saúde, seja ela mental, alimentar ou física.

A médica nutricionista Ludmila Ferreira orienta sobre a importância de manter os cuidados redobrados com a alimentação durante a pandemia || (Foto/reprodução: Ludmila Ferreira)

A médica nutricionista Ludmila Ferreira orienta sobre a importância de manter os cuidados redobrados com a alimentação durante a pandemia || (Foto/reprodução: Ludmila Ferreira)

Sabemos que, em alguns casos, a ansiedade possui uma forte ligação com a alimentação. A nutricionista Ludmilla Ferreira alerta sobre os cuidados necessários para manter uma saúde alimentar de qualidade, especialmente em tempos de isolamento e a respeito de como nos prevenir contra os distúrbios alimentares.

Quais são os tipos de transtornos alimentares e como você os caracteriza?

Os transtornos alimentares são doenças caracterizadas como comportamentos que as pessoas desenvolvem por conta de problemas psicológicos, por exemplo, através das cobranças e traumas pessoais. Entre as que mais se destacam são Anorexia e a Bulimia. Na Anorexia nervosa, a pessoa faz dietas bastante restritivas e acaba perdendo muito peso.

Já a Bulimia é caracterizada por pessoas que têm um tipo de compulsão alimentar. Essas pessoas, ao ingerir o alimento, tentam se livrar do excesso, induzindo o corpo a episódios como o vômito. A compulsão também pode ser caracterizada por pessoas que comem excessivamente durante à noite ou ao dia, normalmente guiadas pela ansiedade.

Entre homens ou mulheres, quais você acredita estejam mais propensos a desenvolver uma compulsão alimentar?

Os transtornos alimentares não escolhem o sexo e a nem idade, porém entre as mulheres eles se destacam com maior incidência.

O isolamento social foi um fator que propiciou um maior aparecimento dos casos de compulsão ou outros transtornos?

As pessoas não estão acostumadas com este ritmo de vida, sem o direito de ir e vir. Então muitas das vezes, estão ansiosas ou com problemas, como o estresse. Através disso, como forma de fuga para saciar as sensações que estão sentindo, elas acabam por descontar esses problemas na alimentação desregrada.

Quais são os principais sintomas dos transtornos alimentares?

A falta do controle da alimentação, que deve ser tanto para o lado excessivo quanto para uma dieta muito restrita e severa. Quando isso acontece, acaba se perdendo o controle da situação e do corpo.

Existe uma forma de como se prevenir ou tratar a compulsão alimentar?

É difícil trabalhar com a prevenção, quando não se sabe o risco que a pessoa tem de desenvolver um desses tipos de doença. Recomenda-se sempre ter força de vontade para buscar novos hábitos, como o bem-estar, o conforto e se alimentar de uma maneira saudável. Dessa forma, ao se acostumar, o saudável deve ser seu novo hábito.

A obesidade também é um fator de risco para muitas pessoas. Como você acha que deve ser o cuidado quanto a alimentação dessas pessoas?

A obesidade também é considerada um tipo de compulsão alimentar. Não somente estar atentos à alimentação, mas um dos fatores que devem se manter são prática dos exercícios físicos. Por mais que o período seja de isolamento social é preciso buscar sair da zona de conforto, mesmo dentro de casa.

Para quem gosta de cozinhar, existem receitas que podemos fazer em casa e mesmo assim nos mantermos em ritmos saudáveis?

As alimentações feitas em casa são, com certeza, uma das boas saídas para quem quer se alimentar bem, onde iremos conhecer todos os ingredientes e temos o controle para dosar a quantidade exata, por exemplo, de sal e óleo.

Por último, para prevenir doenças, como a Covid-19, uma das receitas sempre recomendada por muitos médicos é investir em uma boa imunidade. Quais dicas você daria para manter uma boa imunidade e prevenir possíveis doenças futuras?

Pensando em imunidade e alimentação saudável, primeiramente devemos cuidar da saúde do intestino. Retirar alimentos industrializados, abusar dos vegetais e coloridos. A ideia é descascar mais e embalar menos. Com boas fontes de gordura, carboidrato e fibra, todos esses hábitos são fundamentais para regular ou manter uma boa imunidade, o que auxilia a prevenir muitas doenças que possam acometer a saúde futura.

O Ministério da Saúde também dá dicas de como manter uma saúde de qualidade em 10 passos || (Foto/reprodução: Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde também reforça as dicas de como manter uma saúde de qualidade em 10 passos || (Foto/reprodução: Ministério da Saúde)

 

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Saúde
Ensaio fotográfico gestacional da enfermeira Helenita Vilarinho. Mudança climática: calor excessivo no DF agrava problemas gestacionais
Ciência e Tecnologia
Crédito: arquivo pessoal Aplicativos on-line reaproximam as pessoas durante isolamento social
Cidadania
Capa Nova revista Redemoinho supera desafios do isolamento para investigar temas de relevância social
Cidadania
WhatsApp Image 2020-10-14 at 20.47.49 Mulheres unidas na linha de frente contra a violência de gênero
Economia
foto matéria-6 destaque Aumento do desemprego causa incerteza sobre o futuro
Turismo e Lazer
ponstos turisticos Brasil Saiba quais são cuidados que turistas devem ter antes de sair de casa

Mais lidas