Turismo e Lazer

Pandemia impacta setor de turismo

Segundo levantamento, mais de 25% dos brasileiros entrevistados não sabem quando voltarão a viajar dentro do Brasil

A disseminação do novo coronavírus apresenta severos impactos na indústria do turismo. Desde que os casos começaram a se espalhar pelo mundo, governos e órgãos de saúde adotaram medidas restritivas para evitar a propagação da doença, como o monitoramento da circulação de pessoas. Segundo um levantamento realizado pelo Viajala, buscador de passagens aéreas, 75% dos brasileiros entrevistados afirmam ter deixado de fazer ao menos uma viagem devido a pandemia e 27% declaram não saber quando voltarão a viajar dentro do Brasil.

Como alternativa para diminuir os impactos da pandemia, o Ministério do Turismo lançou a campanha “Não cancele, remarque”, para ajudar que empresas do setor não fechem as portas durante ou após a crise e incentivar que os turistas entrem em acordo com as operadoras para adiar os planos de viagem em vez de cancelar.

A estudante de turismo Bianca Nathália Rodrigues Cabral explica que assim como as atividades que exigem deslocamento, o turismo está tentando se reinventar em meio a essa situação e conta que alguns atrativos turísticos estão investindo em conteúdo virtual, como tours virtuais e mídias sociais, ferramentas que, segundo ela, estão fornecendo grande suporte à dinâmica do turismo. “É importante destacar que a percepção do turista está em decorrente mudança, as preocupações aumentaram e a busca por alternativas também”, finaliza.

Mais de 70% dos brasileiros entrevistados deixaram de fazer ao menos uma viagem devido a pandemia — Foto: Pixabay

Mais de 70% dos brasileiros entrevistados deixaram
de fazer ao menos uma viagem devido a pandemia — Foto: Pixabay

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), em nota divulgada, empresas associadas já registram, em média, “queda de 30% na demanda por voos domésticos, e redução de 50% nas viagens internacionais, em relação ao mesmo período do ano passado”. A Latam, que faz parte da Associação, informou também em nota uma redução de 70% em suas operações, sendo 90% nos voos internacionais e 40% em voos domésticos.

Com o objetivo de estimular a retomada da atividade turística no Brasil e também informar os consumidores para que se sintam mais confortáveis em voltar a viajar, um grupo de empresas e de associações do setor de turismo, entre elas a Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), lançou o Movimento Supera Turismo. A divulgação do material será feita pelas próprias empresas do setor e com a atuação, as entidades acreditam que podem contribuir para a preservação dos postos de trabalho e de empresas no setor de turismo.

Contribuição para salvar vidas

Além de tentar se reerguer em meio a pandemia, algumas marcas e empresas estão tomando também atitudes para contribuir de alguma forma nesse momento, que vão desde receber sem custos profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente no combate ao coronavírus à criação de fundo especial para ajudar os funcionários com dificuldades neste período.

Segundo pesquisa realizada pela Trvl Lab do Panrotas, para analisar os impactos gerados pela pandemia e as intenções para a retomada, mais de 55% dos consumidores entrevistados afirmam que deixarão de comprar de marcas que não tratem colaboradores e clientes de forma adequada nestes tempos.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
GabrielLino_03 Insight no ensino brasileiro
Meio Ambiente
Jardim montado na casa de Juscilene Lima Conheça a história de quem trabalha para salvar o meio ambiente
Comportamento
FOTO 1 PRODUÇÃO9 População brasileira desrespeita o isolamento social

Mais lidas