Cultura

Publicitários espanhóis criam o primeiro museu de arte on-line na pandemia

The Covid Art Museum recebe trabalhos e intervenções artísticas com o tema da pandemia no perfil do Instagram

Arte do usuário @gonzalodelascuevas enviado para o CAM.

Arte do usuário @gonzalodelascuevas enviado para o CAM

O isolamento gerado pela pandemia da covid-19 gerou a necessidade de um espaço para dar vazão aos sentimentos e a expressão artística de pessoas em todo o mundo, além da exposição dos trabalhos criados por profissionais. The Covid Art Museum (em tradução livre, o Museu de Arte Covid) é o primeiro Museu de Arte nascido na quarentena da covid-19, em formato on-line, por meio do perfil @covidartmuseum no Instagram. Foi criado pelos publicitários espanhóis Irene Llorca, José Guerreiro e Emma Calvo, e recebe trabalhos artísticos como fotografia, ilustração, desenhos gráficos, pintura, entre outras intervenções por meio da #CovidArtMuseum ou por formulário.  O portal de jornalismo IESB conversou com a cofundadora do projeto, Irene Llorca sobre o surgimento do projeto e a importância de dar vazão e espaço à trabalhos artísticos em momentos de crise, como é o caso da pandemia.

Como surgiu a ideia de um museu virtual dedicado a obras e expressões artísticas que falem e tragam reflexões sobre esse momento? 

A ideia do Covid Art Museum nasceu durante os primeiros dias de quarentena na Espanha. Nos demos conta de que muitos dos nossos conhecidos usavam a arte como fuga durante o confinamento. Logo vimos que não eram apenas os nossos conhecidos, como também que, com a quarentena a produção de arte estava crescendo. Observamos esta tendência e nos perguntamos: “O que vai acontecer com todas essas obras que as pessoas estão criando em suas casas?” Então surgiu a ideia de um museu, necessariamente virtual, que pegasse toda essa arte de quarentena ou arte covid. Em 19 de março fizemos a primeira publicação e desde então não temos parado de publicar diariamente.

Qual a importância de ter um espaço artístico virtual para que pessoas de todo o mundo possam ser parte da narrativa e registro da pandemia? 

A pandemia é um fenômeno mundial, isto quer dizer que em todo o planeta existem pessoas trancadas em quarentena e que podem passar por momentos difíceis de medo, solidão e estresse. É por isso que acreditamos que a existência de um espaço artístico virtual é importante. Primeiro que, por causa do confinamento, é essencial que seja digital e, em segundo lugar, porque a arte é uma ferramenta de comunicação muito poderosa que conecta as pessoas ao redor de elementos comuns, e isso cria uma conexão que ajuda, em muitos casos, a superar o sentimento de falta de comunicação e incerteza.

Como é feita a curadoria destas obras e como é o contato com os artistas? 

Antes de tudo, o principal filtro na escolha das peças é que elas estão relacionadas ao momento atual: a crise da covid-19. Por isso, não nos fechamos a nenhuma técnica, colecionamos todos os tipos de arte, sejam ilustrações, fotografias, pinturas, desenhos, animações, vídeos etc. No final, o mais importante, além da qualidade artística do trabalho, é a originalidade e a mensagem, que devem contar um sentimento, uma experiência ou uma observação relacionada à pandemia. Em segundo lugar, os artistas nos enviam seus trabalhos por meio do formulário que pode ser encontrado em nosso perfil do Instagram. Embora existam momentos em que somos os que entram em contato com os artistas através do Instagram ou e-mail para perguntar se eles querem que publiquemos o trabalho em que estamos interessados.

Você pode se apresentar e falar um pouco sobre seu trabalho com arte? Como você vê essas novas maneiras de produzir arte e artes gráficas?

Por um lado, nós três trabalhamos nos departamentos de criatividade das agências de publicidade. Portanto, temos um relacionamento profissional com arte e design, porque eles são constantemente usados ​​como ferramenta de comunicação. Por outro lado, a maneira de produzir arte tem uma tendência cada vez mais digital. Acreditamos que isso se deve ao fato de que, quando novas tecnologias surgem, um grande número de possibilidades se abre para a originalidade e para criar obras totalmente novas. Além disso, passamos cada vez mais tempo nos espaços digitais, por isso é normal que a arte seja desenvolvida onde quer que as pessoas estejam.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Educação
GabrielLino_03 Insight no ensino brasileiro
Meio Ambiente
Jardim montado na casa de Juscilene Lima Conheça a história de quem trabalha para salvar o meio ambiente
Comportamento
FOTO 1 PRODUÇÃO9 População brasileira desrespeita o isolamento social

Mais lidas