Meio Ambiente

Ações humanas causam grandes impactos no meio ambiente

Como consequência, a natureza leva muito tempo para conseguir se recuperar completamente

Todos sabem que o ser humano é diretamente responsável pelos impactos causados ao meio ambiente. Esse impacto, na maioria das vezes é negativo, e apesar da natureza ser resiliente, as atuações do homem sobre a natureza estão muito drásticas.

As consequências dessas ações já são percebidas por nós no dia-a-dia, Por exemplo, aumento de temperatura causado por desmatamento severo, secas extremas em certas áreas devido às mudanças climáticas, extinção de várias espécies em resposta à poluição de rios e oceanos, inundações em área urbanas e o aumento do aquecimento global.

A engenheira ambiental Luana Gouveia explica que, apesar da natureza ter a capacidade de se regenerar sozinha, o impacto causado pelo homem deve ser mitigado imediatamente. “ É necessária uma mudança radical na forma com que nos relacionamos com o meio ambiente. Da forma que as coisas estão sendo conduzidas, não teremos mais recursos naturais”.

Engenheira ambiental- Luana Gouveia

Engenheira ambiental Luana Gouveia: “Da forma que as coisas estão sendo conduzidas, não teremos mais recursos naturais”

No Brasil, por exemplo tivemos diversos desastres ambientais que deixam sequelas até hoje. Um dos exemplos é o óleo que vazou de uma origem desconhecida e do qual ainda estão sendo encontrados os vestígios mais de um ano depois. Acidentes, como Brumadinho e Mariana, também comprovam isso.

O acidente de Mariana, que ocorreu em 2015, liberou cerca de 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de mineração. A lama lançada no ambiente ainda afeta os rios, peixes, a vegetação. “Depois do ocorrido, não tem nenhuma forma de vida lá, o solo foi destruído, espécies que viviam lá foram completamente dizimadas. Acredito sim que sem o estímulo humano, a natureza consiga se recuperar nem que minimamente”, afirma o cientista ambiental, Lucas Neiva.

É muito difícil estabelecer o tempo exato que demora para o meio ambiente se regenerar. Um estudo feito pela Universidade da Califórnia, em Berkeley, estima que a natureza só irá se recuperar dos estragos causados pelo homem após 10 milhões de anos, ou seja, se recuperar ela vai, mesmo sem existir mais vida humana no planeta.

Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

Deixe uma resposta

Comportamento
FOTO 1 PROD 10 População negra sofre em meio a pandemia
Ciência e Tecnologia
Crédito: arquivo pessoal Aplicativos on-line reaproximam as pessoas durante isolamento social
Saúde
WhatsApp Image 2020-05-18 at 18.45.00 (1) (1) Voluntários se unem em corrente para ajudar profissionais da saúde do DF
Economia
Creditos Leila Pacheco (fonte) 4 Donas do pedaço: empreendedoras garantem sua renda de casa
Esporte
foto: Jéssika Lineker Coronavírus x Futebol Candango
Comportamento
Photo by Asif Akbar from FreeImages Entre um isolamento e outro, gostamos de nos isolar
Cidadania
Capa Nova revista Redemoinho supera desafios do isolamento para investigar temas de relevância social
Meio Ambiente
Banco de imagens pexels Reciclando pela vida
Saúde
Foto de João Paulo Silva personagem fissura A fissura é tratável
Educação
Rapensando nas Escolas O hip hop como instrumento de educação
Saúde
prato matéria anorexia Anorexia é a doença psiquiátrica que mais mata no mundo
Entrevistas
Deputado distrital do DF (REDE), Leandro Grass tem 32 anos, é professor, sociólogo, mestre em Desenvolvimento Sustentável, doutorando em Desenvolvimento em Gestão Pública (UnB) e gestor cultural pela Organização dos Estados Ibero-Americanos | Foto: Divulgação/ Assessoria de Comunicação/ Leandro Grass Leandro Grass: “DF tinha tudo para ser referência na condução da pandemia”

Mais lidas