Turismo e Lazer

Saiba quais são cuidados que turistas devem ter antes de sair de casa

Pesquisa aponta que 63% da população tem intenção de viajar ainda em 2020 e governo lança meios para orientar viajantes de como se prevenir da covid-19

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que 63% dos cinco mil entrevistados tem intenção de viajar ainda em 2020. Outro levantamento, realizado pela plataforma Hoteis.com, mostrou que 47% das pessoas que pretendem viajar estão buscando destinos nacionais como principal opção para visitar. O litoral brasileiro se destaca, e as capitais mais procuradas são Florianópolis (32%), Fortaleza (29%), Recife (23%), Rio de Janeiro (22%) e Salvador (20%).

Para ajudar os viajantes a decidir qual destino escolher, entidades do setor de viagens e de turismo e o Conselho Nacional de Turismo (CNT) criaram o Movimento Supera Turismo. A intenção do movimento é promover ações de valorização do turismo como forma de desenvolver a economia sustentável. Sua primeira ação foi o lançamento do Guia do Viajante Responsável, para ter acesso ao material clique no link; Nesse guia o turista recebe instruções de como realizar uma viagem mais segura em tempos de pandemia com recomendações de prevenção à covid-19.

Para o turismólogo e proprietário de agência de turismo Fernando Passat “o setor foi um dos mais afetados com a pandemia e agora com a retomada temos que estar bem atentos aos protocolos sanitários. Estamos indicando apenas hotéis que tenham o selo Turismo Responsável, com isso garantimos que o cliente tenha o mínimo de segurança ao chegar nos estabelecimentos hoteleiros”, afirma Passat. Acesse mais informações sobre o selo clicando no link. Para receber o selo, os hotéis e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), que é feito pelo site do Ministério de Turismoacesse pelo link.

O levantamento feito pela plataforma Hoteis.com mostrou ainda que 53% dos entrevistados vão priorizar passeios com a família e 46% escolherão destinos ao ar livre como cachoeiras e praias, com o propósito de evitar aglomerações. A maior parte dos entrevistados pretende viajar de carro, para locais próximos que ficam até 300 km de casa. Outro dado importante, é que após a experiência de meses de confinamento, 70% dos entrevistados afirmaram que agora passaram a valorizar mais o hábito de viajar e desejam aumentar a frequência de viagens após o relaxamento das restrições.

Cristina Hermeto, proprietária de pousada em Pirenópolis, afirma: “o selo é uma forma de destacar os estabelecimentos que realmente estão comprometidos no combate ao coronavírus, estamos levando à risca as orientações sanitárias pois a vida é o nosso maior bem e cada um deve fazer a sua parte nessa luta”, reforça a empresária.

Djan Cano, de 34 anos, está buscando o destino para levar a sua família para a férias de janeiro, e segundo ele “o guia do viajante ajuda muito na hora de lembrar quais são as providências que devemos tomar antes de sair de casa. Já o selo dá mais segurança na hora de escolher onde vamos ficar”, esclarece Djan.

Djan Cano, 34 anos, está planejando a viagem do fim do ano com a família

Djan Cano, 34 anos, está planejando a viagem do fim do ano com a família

Turismo responsável

Segundo o protocolo básico do programa Turismo Responsável os estabelecimentos hoteleiros devem:

  • Assegurar a lavagem e desinfecção das superfícies onde colaboradores e consumidores circulam;
  • Promover a medição da temperatura de todos os frequentadores na entrada do estabelecimento, observando que a clientela que apresente febre (37,3 ºC segundo a OMS) ou mesmo febre auto referida, deve ser orientada a buscar o serviço de saúde e seu acesso não deve ser permitido;
  • Realizar a limpeza, várias vezes ao dia, das superfícies e objetos de utilização comum (incluindo balcões, interruptores de luz e de elevadores, maçanetas, puxadores de armários, entre outros);
  • Promover a renovação de ar, regularmente, das salas e espaços fechados, abrindo as janelas e portas para passagem da correnteza aérea e não utilizar função de recirculação de ar em espaços de uso exclusivo de ar condicionado;
  • Disponibilizar álcool a 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos) em locais estratégicos como: entrada do estabelecimento, acesso aos elevadores, balcões de atendimento, para uso de clientes e trabalhadores;
  • Utilizar lixeiras que não precisem ser abertas manualmente e esvaziá-las várias vezes ao dia;
  • Disponibilizar, nos banheiros, sabonete líquido e toalhas de papel descartáveis;
  • Disponibilizar cartazes com informações/orientações sobre a necessidade de higienização de mãos, uso do álcool 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos), uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, limpeza de superfícies, ventilação e limpeza dos ambientes; e
  • Providenciar o controle de acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, o controle da área externa do estabelecimento e a organização das filas para que seja respeitada a distância de pelo menos 1 metro entre as pessoas.

Fonte:http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/segmento/meios-de-hospedagem.php

Acesse aqui o PROTOCOLO PARA TURISTAS

    Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /var/www/publicacao/jornalismo/site-root/wp-includes/functions.php on line 2957

    Deixe uma resposta

    Entrevistas
    res20161008152707223220o Adriana Lodi, mestra, atriz e aprendiz
    Saúde
    october-pink-1714664_640 Além do laço e das luzes cor de rosa
    Cidades
    Captura de Tela 2020-10-28 às 18.38.14 Tia Zélia, a baiana que conquistou a Vila Planalto
    Cidadania
    WhatsApp Image 2020-10-28 at 18.21.29 ONGs para pets do DF passam por necessidades durante a pandemia
    Economia
    auxilio-emergencial As dificuldades de quem não conseguiu aderir ao auxílio emergencial
    Esporte
    O esporte na pandemia da Covid19| Freepik Como está sendo a adaptação das atividades esportivas durante a pandemia da Covid-19
    Cidadania
    WhatsApp Image 2020-10-14 at 20.47.49 Mulheres unidas na linha de frente contra a violência de gênero
    Economia
    foto matéria-6 destaque Aumento do desemprego causa incerteza sobre o futuro
    Ciência e Tecnologia
    O crescimento dos aparelhos celulares no país|Flickr Os brasileiros estão cada vez mais conectados pelos smartphones
    Saúde
    Ensaio fotográfico gestacional da enfermeira Helenita Vilarinho. Mudança climática: calor excessivo no DF agrava problemas gestacionais
    Saúde
    No calorão do DF, que alcançou 37ºC em 8 de outubro, nem os sorvetes se salvam | FOTO: Reprodução / Pixabay DF bate recorde de calor. saiba quais são os cuidados necessários em tempos de seca
    Saúde
    Segundo pesquisa realizada pela VIGITEL, 57% da população masculina do DF, apresenta sobre peso. Isolamento social: aumenta o número de pessoas sedentárias no Brasil
    Ciência e Tecnologia
    Projeto procura novos modelos tecnológicos para uma eleição através da internet.| Flickr País busca novos modelos para implantar uma eleição via internet
    Comportamento
    foto matéria 8 TOC atinge mais de 4 milhões no Brasil
    Comportamento
    NICOLLY PRADO Para fugir de ansiedade e frustrações com pandemia, estudante viaja de bike e faz trabalho voluntário pelo Brasil afora
    Saúde
    frasco_rotulado_como_vacina_contra_covid-19_em_foto_de_ilustracao_10_04_2020_reuters_dado_ruvic_illustration1408200865 População permanece insegura quanto a futura campanha de vacinação contra a Covid-19
    Economia
    6cv0sd64tum55rmc60ootwxss-850x560 (1) Pequenos negócios crescem na contramão da crise causada pela pandemia
    Ciência e Tecnologia
    Crédito: arquivo pessoal Aplicativos on-line reaproximam as pessoas durante isolamento social
    Cidadania
    Capa Nova revista Redemoinho supera desafios do isolamento para investigar temas de relevância social

    Mais lidas